O segundo golo de Ricardo Quaresma na vitória do FC Porto contra o FC Paços de Ferreira foi considerado o grande momento da noite. O portista popularizou uma palavra na língua portuguesa, "trivela", que passou a ser sinónimo de "golo marcado com a parte exterior do pé". A expressão está muito associada a Quaresma, que já ofereceu inúmeros golos deste género aos adeptos, de belo efeito e grande eficácia. Mas nem todos os portugueses estão conscientes da notoriedade que o Mustang continua a ter a nível internacional.


Nesta segunda-feira, adeptos de #Futebol de todo o mundo partilharam, nas redes sociais, o vídeo do golo do portista e os mais diversos elogios. No Twitter, em Inglaterra, um adepto apontava que o "antigo extremo do Chelsea marca um golo maravilha pelo FC Porto contra Pacos (sic) de Ferreira". Nos Estados Unidos, Chip Jackson contava que "Quaresma acabou de marcar este golo incrível. BOOM!" A casa de apostas Betfair preferia descrever o golo de forma técnica: "Quaresma. Do lado de fora da bota." Da Turquia, um adepto anónimo referia que o Mustang estava "ao seu estilo". Também dos EUA, Ally Bain - tipicamente americano - sublinhava a parte menos boa do português mas deixa o elogio: "a sua carreira apagou-se um pouco, mas ele traz sempre um golo espectacular com ele." Já o norueguês Jan Hagen, que se assume como fã do futebol português, exclama: "trivela mágica! No seu melhor, de longe o jogador mais divertido de ver num campo de futebol. Por algum motivo lhe chamam Harry Potter".
Ricardo Quaresma era apontado como tendo tanto potencial como Cristiano Ronaldo, mas, por vários motivos, nunca teve o mesmo brilho do tribola. A personalidade difícil é habitualmente apontada como um dos motivos, que continua a ser apontado como obstáculo a uma maior afirmação no FC Porto. Contudo, o reconhecimento internacional de Quaresma é maior do que habitualmente se pensa em Portugal - havia casos de miúdos em regiões remotas do Brasil que vestiam a camisola deste seu ídolo, que preferiam entre tantos outros. 


Isto vem provar que, no futebol, a magia e os momentos únicos continuam a ser muitos valorizados por todo os adeptos, de todas as origens, classes e cores. Cristiano Ronaldo e Lionel Messi são mais eficazes, mas Quaresma sempre foi pródigo em oferecer momentos de classe como estes.