O XIX Duatlo das Lezírias, que se realizou no primeiro domingo do mês de Fevereiro, teve como vencedores da prova principal Ricardo Gouveia, do Garmin Olímpico de Oeiras, e Mariana Pombo, da equipa do Benfica, numa percurso imprópria para cardíacos. As dificuldades do piso e a sua dureza afetaram os participantes no trajeto. Esta é uma organização do Município de Vila Franca de Xira, em conjunto com o Alhandra Sporting Club e apoio da Federação de Triatlo portuguesa.

Na classificação final em masculinos, Ricardo Gouveia ficou em primeiro lugar com um tempo de 01:33:00. Seguido de perto, com uma diferença mínima de segundos, veio Pedro Afonso Gaspar da Portugal Talentus, com 01:33:33.

Publicidade
Publicidade

A fechar o trio, Cláudio Paulino da SFRAA Triatlo, a uma distância de 1 minuto e três segundos, com 01:34:03.

A tabela da Taça PORTerra, em Vila Franca de Xira, espelhou a diferença entre os atletas, o treino e desgaste durante a corrida dos iniciais 6000 metros, com partida pelas 15h29, a transição para os 29000 metros de BTT, mais os 3.000 metros de corrida. Apesar das previsões climatéricas favoráveis e com poucas nuvens, foi sol de pouca dura, e a lama surgiu, tal como no ano anterior. No entanto, desta vez não deu lugar a uma chuva torrencial durante a competição. De qualquer das formas, o local do tradicional evento à beira Tejo tornou-se custoso.

Um pequeno apontamento para o atual campeão da Europa de Duatlo Sprint, Sérgio Silva, que esteve em prova e vestiu a camisola do Garmin Olímpico de Oeiras e atravessou a meta na 14ª posição, na tarde de domingo.

Publicidade

A sua contribuição ajudou a equipa a ser 1ª na pontuação final.  O atleta está inserido no projeto Trijamor 2015 da Federação Portuguesa de Triatlo acessível a todas as idades.

Já a formação DE que em tempos este atleta fez parte, o Alhandra Sporting Club, teve o seu primeiro atleta a concluir a prova em 24º lugar, através de Luís Pedro Ferreira. O seu tempo foi de 01:42:00, a uns longínquos 9 minutos do topo da classificação. Os restantes desportistas desta equipa, tal como Luís Meca do ASC em 43º com 01:47:12, João Miguel Nunes, em 65º, com 01:51:00, Jean-Michel Vie, em 68º, com 01:51:44, João Hipólito, em 82º, com 01:54:04, Rafael Luís, em 126º, com 02:04:08, César Andrade, em 163º, com 02:13:04, fecharam a contagem do grupo. Os primeiros três resultados do ASC permitiram um 10º lugar por equipas.

Em femininos, a classificação alinhou-se da seguinte forma: Mariana Pombo do Sport Lisboa e Benfica na frente, com 01:54:15; Sofia Brites do Amiciclo Grândola, em segundo, com uma distância considerável de 00:06:42, terminando com 02:00:57; e em terceiro Ana Torres do ETri.

Publicidade

Santo António Évora, com 02:01:34 face à sua mais direta concorrente.

Ontem dia 8 de Fevereiro, uma semana após o percurso da Lezíria, mas numa vertente diferenciável, deu-se pela primeira vez o duatlo de Tagarro, que também surgiu como pontuável para o Campeonato Nacional, em Alcoentre, com cerca de 30 atletas no segmento de Prova Aberta e mais de duas centenas e meia no contexto de Idade.