Quatro anos depois, a Póvoa de Varzim volta a ser a capital da Natação, nos dias 14 e 15 de fevereiro, numa prova organizada pela Câmara Municipal, Associação de Natação do Norte de Portugal e o Clube Naval Povoense. A iniciativa vai contar com a participação de centenas de atletas, trazendo até esta cidade milhares de pessoas, que vão assim ajudar na dinamização da economia local.

Para o presidente da Câmara Municipal, Aires Pereira, este evento é duplamente importante, uma vez que, além de trazer de volta a natação à cidade, vai ajudar a dinamizar a economia na época dita baixa. A Póvoa de Varzim tem o seu apogeu em número de visitantes no verão, altura em que muitas famílias dos concelhos limítrofes ali passam férias. Esta será por isso uma iniciativa que vem equilibrar a diferença entre o verão e o inverno. "O evento vem dinamizar a cidade nesta época baixa, altura em que tentamos ter sempre duas ou três iniciativas por mês para movimentar a hotelaria e a restauração", explicou.

Através desta prova, os atletas vão tentar alcançar os mínimos para os mundiais de piscina longa, a realizar-se na Rússia, em agosto deste ano. No Meeting vão participar 438 atletas (231 masculinos e 207 femininos), em representação de 41 equipas. Entre os participantes a organização destaca a presença do atleta olímpico espanhol Marcos Rivera Miranda, de Palma de Maiorca. A prova vai ainda contar com as participações de Ana Rodrigues, que esteve nos Jogos Olímpicos em Londres 2012 e que é apontada como a principal figura portuguesa, assim como Luís Vaz, do Famalicão, André Gonçalo Santos, do Leixões, Ana Catarina Monteiro, do Fluvial Vilacondense e Tamila Holub, do Sporting de Braga.

O VI Meeting de Natação da Póvoa de Varzim começa no sábado, às 9h e durante a manhã vão ter lugar as eliminatórias a partir de cabeças de série, escolhidos de acordo com os tempos de inscrição e as duas séries lentas, de 400 estilos e 800/1500 metros livres. À tarde será a vez das finais A e B e série rápida de 400 estilos e 800/1500 metros livres. Nas finais vão participar os nadadores que se classificarem entre o 1º e o 8º lugar nas eliminatórias. Já as finais B, que se vão realizar no caso do número de inscritos ser igual ou superior a 16 nadadores, vão contar com os classificados do 9º ao 16º lugar nas eliminatórias.