O Clube Desportivo de Tondela foi o grande vencedor da 34.ª jornada da 2ª Liga. Depois do empate caseiro de quarta-feira, a equipa beirã foi à Madeira defrontar o União e venceu por duas bolas a uma. Um jogo que não se adivinhava nada fácil para a equipa de Quim Machado, já que defrontava uma das assumidas equipas candidatas à subida. Com os empates de Freamunde e D. Chaves, adversários diretos na luta pela subida, subiram ao 2.º lugar, agora a apenas um escasso ponto do líder, o Desportivo de Chaves.

Quem inaugurou o marcador foi Tiago Barros, aos 12 minutos, de grande penalidade, a punir uma mão de Soares na grande área, que Barros não enjeitou, inaugurando o marcador. A segunda metade não poderia ter começado da pior forma para o conjunto insular, já que surgiu a expulsão do central Zarabi. No entanto, Dassé, aos 57 minutos, esteve perto de igualar, mas Cláudio Ramos opôs-se com qualidade e bravura. Aos 70 minutos, num rápido contra ataque, o avançado Renato Santos desmarcou Luís Machado que, em velocidade, ampliou a diferença no marcador. Estava decidido o jogo, mas o União da Madeira ainda reduziu, no último lance do jogo, por intermédio de Élio Martins.

O União da Madeira, que partiu para esta jornada em quarto, acabou por cair para sétimo lugar, sendo ultrapassado pelo Sporting da Covilhã, Sporting B e Benfica B, sendo assim o grande derrotado da jornada. A formação da serra ganhou em casa ao Trofense por 2 bolas a 0, com golos de Aouacheria e Zé Tiago, tendo ultrapassou o União da Madeira e ficando a escassos 5 pontos dos lugares de subida.

Quanto ao primeiro posto, continua entregue ao Desportivo de Chaves, que esta jornada empatou (1-1) nos Açores frente ao Santa Clara. Ricardo Chaves marcou aos 45 minutos para os transmontanos, mas Vouho empatou aos 64 minutos para a formação açoriana. Com esta igualdade, o D. Chaves viu o Tondela aproximar-se e ficar a apenas um ponto. No entanto, mantiveram a distancia de três pontos de avanço sobre o terceiro classificado, que é o Freamunde. #Futebol