Foi um jogo para Julen Lopetegui ver e tirar notas, muitas notas. O Bayern Munique perdeu este domingo, dia 22, frente ao Borussia Mönchengladbach por 0-2 e mostrou que afinal também pertence ao mundo dos mortais. Num duelo que além da derrota deixou Robben lesionado e em dúvida para o encontro do Dragão, o herói fala português. Raffael, irmão de Ronny (ex Sporting) marcou os dois golos que acenderam a esperança dos azuis e brancos. Quase um ano depois o Bayern voltou a perder em casa.

Os números e as exibições vinham a ser avassaladores e tudo indicava que este domingo a Allianz Arena em Munique ia assistir a mais um recital de bom #Futebol e golos, muitos golos.

Publicidade
Publicidade

No entanto, apenas os adeptos do Borussia Mönchengladbach não deram por mal empregue o dinheiro gasto nos ingressos, pois viram a sua equipa fazer um brilharete e vencer o campeão em título e uma das melhores equipas da actualidade à face Planetária. O jogo começou logo com uma contrariedade para os pupilos de Pep Guardiola que viram, aos 24 minutos, Arjen Robben sair do campo a contas com uma lesão na zona abdominal. O tempo de paragem pode prolongar-se entre duas as três semanas, estando em risco a sua utilização na primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões frente ao FC Porto.

Como um mal nunca vem só, passados seis minutos, Manuel Neuer fez o que raramente faz, deu um frango de todo o tamanho, deixando passar a bola por entre as pernas após um remate de Raffael. O guardião alemão, o melhor da actualidade no seu posto, ainda tentou em desespero segurar o esférico que lhe passara por baixo do corpo, mas o mal estava feito e o marcador estava inaugurado pelo avançado brasileiro, irmão de um outro canarinho que jogou e defendeu as cores do Sporting, Ronny.

Publicidade

Em desvantagem, esperava-se que o Bayern puxasse dos galões para dar a volta à contenda, mas era dia "não" para Guardiola e companhia que viram o Mönchengladbach ampliar a vantagem já na segunda parte, novamente com Raffael a festejar.

Com este inesperado desaire, o Bayern Munique volta a sentir o amargo sabor da derrota em casa quase um ano depois, e adia a vitória número 50 na Bundesliga de Pep Guardiola. Apesar do desaire, os Bávaros seguem tranquilos na frente do campeonato, somando 64 pontos em 26 jornadas, com 70 golos marcados e somente 13 sofridos.

Este foi claramente um sinal que, afinal, para os lados do Bayern existem também humanos e, como tal, podem também errar. Um dado com certeza positivo para Lopetegui e companhia que em vésperas de enfrentarem os poderosos germânicos podem explorar possíveis fraquezas colocadas a nu este domingo pelo Borussia Mönchengladbach. Afinal os de Munique também metem água. #F.C.Porto