Foi presidente do Barcelona e agora pretende assumir novamente os destinos do clube catalão. E por isso, Joan Laporta já confirmou que vai concorrer às próximas eleições. Depois de a imprensa ter revelado o interesse em José Mourinho (sem sucesso), a aposta recai noutro português… Jorge Jesus. O treinador confessou em tempos que, a sair do Benfica, só para um clube estrangeiro de dimensão mundial.

Jorge Mendes poderá ter aproveitado a sessão de divulgação do seu livro em Madrid para discutir com Joan Laporta a ida de Jesus para Barcelona. Paulo Futre, antigo internacional português, que em Espanha brilhou no Atlético de Madrid, tinha dito ao jornal Marca que "Jorge Jesus pode acabar como treinador do Barcelona".

Publicidade
Publicidade

O técnico, que está desde 2009 no #Benfica, colocou o emblema lisboeta na rota das vitórias. Após 2 campeonatos (que eventualmente podem chegar a 3 se conquistar esta temporada), 4 Taças da Liga (pode conquistar mais uma), uma Taça de Portugal, uma Supertaça Portuguesa, duas finais da Liga Europa e da formação de vários jogadores que hoje em dia marcam o #Futebol europeu, Jesus pode estar de saída. Ao longo destes anos, foi apontado a clubes como Liverpool, Anzhi, Besiktas, FC Porto, AC Milan, Inter de Milão, e Valência.

Rui Vitória: o sucessor de Jesus?

Nos últimos anos, sempre que se falou da saída de Jesus, alguns nomes foram apontados pela imprensa. Leonardo Jardim e Nuno Espirito Santo, que atualmente representam Mónaco e Valência, respetivamente, foram nomes que noutros tempos estiveram na lista encarnadas.

Publicidade

Porém, hoje em dia devem ser alvos descartáveis, pois o fato de treinarem clubes ricos e as boas campanhas que estão realizar parecem tornar inviável um negócio. Mas Rui Vitória é um nome que é apontado constantemente ao clube encarnado. Confrontado com a hipótese, em dezembro de 2014, o treinador do Vitória de Guimarães disse à Bola: "(...) Nunca pensei nas coisas de forma antecipada. O futebol é fértil em surpresas, agradáveis e desagradáveis. Sou treinador do Vitória e estou perfeitamente identificado com esta cidade e com este clube."

O presidente do Vitória de Guimarães, Júlio Mendes, já tinha dito ao jornal A Bola que, a confirmar-se um interesse do Benfica, Rui Vitória pode sair se for a sua vontade: "Se isso acontecer será um misto de emoções. Por um lado, vejo sair um excelente treinador e uma excelente pessoa; por outro percebo que ele opte por um novo desafio na carreira e o Vitória não lhe vai cortar as pernas". A cumprir a 4ª temporada em Guimarães, o treinador tem feito um trabalho meritório.

Publicidade

Com poucos recursos, venceu uma Taça de Portugal (a 1ª do clube, após 5 finais perdidas), tem lutado pelo acesso às competições europeias e tem lançado vários jovens jogadores. Anteriormente com o Paços de Ferreira (onde se estreou na 1ª liga) tinha jogado a final da Taça da Liga; com o Fátima foi campeão da 3ª divisão. Orientou ainda os juniores do Benfica (onde teve como jogadores, Sami, que representa o FC Porto, ou Sílvio, atual atleta do Benfica).