No que diz respeito à estratégia regional no desporto, o andebol foi um enorme sucesso, principalmente a nível feminino. A criação do Madeira SAD veio colmatar uma enorme falta da presença regular em fases finais do andebol regional. Este fim-de-semana assistiu-se a mais uma vitória do Madeira SAD feminino que venceu mais uma Taça, sendo já a 17.ª consecutiva. Esta estratégia peca por não ter tido tanto sucesso a nível masculino, onde as vitórias escasseiam e a presença em finais também.

É de louvar o empenho do Madeira SAD, que apesar da falta de apoios, devido aos problemas financeiros actuais consegue manter o empenho e o sucesso, que se reflecte também a nível de selecção, sendo o clube regional, com maior número de atletas a representar a mesma.

Esta estratégia deveria ser aplicada a outros desportos. A criação de um par de clubes, iria dar mais visibilidade e trazer mais resultados ao desporto regional. Em tempos como o que passamos actualmente, com as contenções económicas e devido a insularidade, a redução de clubes a nível nacional só iria beneficiar a região, criando apenas um ou dois grandes clubes a nível nacional, concentrando todos os outros em competições apenas regionais.

A criação de um clube único a nível de futebol regional, seria sinónimo de presença regular nas competições europeias, assim como em fases finais das taças nacionais, um clube Madeirense representaria um estatuto possivelmente entre os três melhores clubes nacionais.

A presença de clubes de futebol da Madeira na liga Europa é uma realidade, embora com muito pouca regularidade. A execução de um projecto tipo este apenas beneficiaria a Madeira, quer a nível desportivo como em todas as outras áreas de negócio. Significaria um investimento turístico, embora indirectamente. Um projecto de grande dimensão, num clube que representaria a Madeira em todos os desportos.

O Madeira SAD feminino é um excelente exemplo, de um projecto de sucesso, todo o seu historial desportivo, com resultados impressionantes a nível regional, nacional e também internacional. Toda a componente desportiva do Madeira SAD, está de parabéns, pela eficácia de um projecto que peca por ser único a nível desportivo regional.