Dificilmente haverá um campeonato com mais emoção do que o Distrital da 1.ª Divisão da Associação de Futebol da Guarda. Quando faltam disputar apenas três jornadas para o final da prova, há três equipas que partilham a liderança da competição. Todas com os mesmos 52 pontos.

Apontado como um "outsider" no início do campeonato, o Vilanovenses esteve isolado no comando durante muitas jornadas, chegou a ter sete pontos de vantagem, mas perdeu fulgor nas últimas rondas e arrisca-se a "morrer na praia". A equipa de Vila Nova de Tazem não ganhou nas últimas três jornadas e no domingo não conseguiu melhor que um empate a zero em casa do "lanterna vermelha" Guarda Unida Desportiva.

Publicidade
Publicidade

Quem aproveitou para se "colar" ao ainda líder foram os dois grandes candidatos no início da época: Manteigas, despromovido do Campeonato Nacional de Seniores, e o Sporting do Sabugal, que apostou numa nova equipa técnica e se reforçou com alguns dos melhores jogadores da prova.

Olhando para o calendário, perspetiva-se um "escaldante" Sporting do Sabugal-Vilanovenses na penúltima jornada. Até lá, na antepenúltima ronda, agendada para 12 de abril, o Vilanovenses recebe o Ginásio Figueirense, 10.º classificado, enquanto que os seus adversários diretos jogam fora de portas. O Manteigas desloca-se a Vila Cortês do Mondego, no concelho da Guarda, enquanto que o Sporting do Sabugal tem uma viagem teoricamente mais complicada ao reduto do Sporting da Mêda, que ocupa a quinta posição. Na penúltima jornada, o Manteigas recebe o Soito, atual quarto classificado, e, em caso de vitória, sabe que ganhará pontos a, pelo menos um, dos seus rivais.

Publicidade

Ao contrário do que sucedeu nas últimas temporadas, em que o campeão distrital foi conhecido muito cedo, só na derradeira jornada, agendada para 3 de maio, é que se vai saber quem sucederá ao Desportivo de Gouveia na lista de detentores do título.

Partindo do pressuposto de que as três equipas chegarão àquela data em condições de lutar pelo primeiro lugar, vai ser um dia de emoções bastantes fortes para os aguerridos adeptos das três equipas. Mais uma vez, o Vilanovenses joga perante o seu público frente ao Figueirense, enquanto que o Manteigas enfrenta uma deslocação, que se antevê complicada, a Aguiar da Beira. Já o Sabugal visita o "vizinho" Vilar Formoso, que nesta altura ainda não tem a manutenção assegurada.

O equilíbrio entre as três equipas não podia ser maior e, nesta fase, têm todas 16 vitórias, quatro empates e três derrotas. O Manteigas detém o melhor ataque com 63 golos marcados e o Sabugal a melhor defesa com 14 tentos encaixados, enquanto que o melhor "goal-average" também pertence à equipa da Serra da Estrela.

Publicidade

Olhando para os confrontos diretos, se fizermos um "mini-campeonato", Manteigas e Vilanovenses somam seis pontos e o Sabugal três, mas ainda pode fazer os mesmos seis, em caso de triunfo na receção ao Vilanovenses…

Nos jogos entre si, o Manteigas ganhou em casa pela margem mínima ao Sabugal, que devolveu a derrota pelo mesmo resultado e perdeu em casa com o Vilanovenses por 2-1, conseguindo "vingar-se" há duas jornadas ao ganhar por 3-2 quando estava a perder por 2-0 ao intervalo. Portanto, está tudo em aberto e qualquer uma das três ainda pode sonhar com a conquista do título de campeão distrital. #Futebol