Com um estádio cheio e um público efusivo, os azuis e brancos deram um recital de bom #Futebol diante de um Basileia que pouco ou nada mostrou, em 90 minutos. O primeiro golo do encontro aconteceu aos 14 minutos, após um livre directo marcado pelo médio atacante argelino, Brahimi. Um lance em que o guardião do emblema suíço não se mexeu. A partir daí, os dragões controlaram a seu bel-prazer esta partida. Estávamos então na segunda-parte, e quando o ponteiro do relógio marcava 47 minutos, Héctor Herrera fazia o segundo do FC Porto nesta partida. Um belo golo de fora de área.

Aos 56 minutos, outro grande momento no Dragão, o médio Casemiro fez o terceiro golo na marcação de um livre directo exemplarmente executado e que mereceu um dos maiores aplausos da noite.

Publicidade
Publicidade

O resultado final ficou a cargo do internacional camaronês - Aboubakar, que substitui o lesionado Jackson Martinez. O avançado do país do algodão apontou o quarto e último golo dos azuis e brancos nesta partida, em mais um fortíssimo remate de fora de área. Até ao apito final os dragões controlaram, em toda a sua plenitude, o encontro. Com este resultado de 4-0 sobre o Basileira, os dragões seguem para os quartos-de-final, onde estão as oito melhores equipas da Europa, um objectivo fixado por Lopetegui.

Apesar disso, existem notas negativas do encontro para as duas equipas. Para o lado da formação da casa, há a salientar a lesão do lateral direito brasileiro, Danilo, que teve de ser substituído por Martins Indi após um lance aparatoso com o seu colega e guarda-redes, Fabiano. Por sua vez, o central argentino dos suíços, Walter Samuel, foi expulso por acumulação de amarelos.

Publicidade

O FC Porto orientado por Julen Lopetegui iniciou a partida com Fabiano; Danilo, Maicon, Marcano e Alex Sandro; Casemiro, Herrera e Evandro; Tello, Brahimi e Aboubakar. Jogaram também Bruno Martins Indi, Ruben Neves e Ricardo Quaresma. O Basileia comandado pelo técnico português, Paulo Sousa, apresentou-se com o seguinte onze: Vaclik; Xhaka, Schar, Walter Samuel e Safari; Zuffi, Neny e Fabian Frei; Derlis González, Streller e Gashi. Embolo, Kakitani e Callà somaram minutos e experiência neste encontro referente à segunda-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

No outro jogo da noite, o Real Madrid foi surpreendido na sua casa pelo Schalke. Os alemães venceram o encontro por 4-3, mas foi insuficiente para continuarem em prova em virtude do importante triunfo madrileno por 2-0, na Alemanha. Cristiano Ronaldo esteve em destaque nesta partida ao marcar por duas ocasiões (25m e 45m). #F.C.Porto