Maria Sharapova participava pela primeira vez no WTA de Acapulco, no México, e tudo estava a favor da número dois do mundo. Antes de começar a competição, a russa teve direito a uns dias de descanso e de lazer no ambiente convidativo de Acapulco, com direito a praia, sol e mar. Contudo, a tenista russa teve que abandonar o torneio devido a um vírus estomacal.

Na noite de estreia, a tenista russa derrotou a americana Shelby Rogers por 2-0, com os parciais de 6/4 e 6/1. Seguiu para os oitavos-de-final, onde encontrou a colombiana Mariana Duque-Mariño e, em pouco mais de uma hora de jogo, carimbou em dois sets (6/1 e 6/2) a passagem à próxima fase da competição.

Publicidade
Publicidade

Foi nos quartos-de-final que a russa "cedeu" o primeiro set no WTA de Acapulco. A proeza coube à eslovaca Magdalena Rybarikova, número 50 do ranking, que venceu o segundo set frente a Sharapova por 6/4, mas no set final, e depois de mais de duas horas de jogo, acabou por perder com o parcial de 6/2.

"Sinto muito mas vou abandonar o torneio"

Foi nessa noite que Maria Sharapova revelou que a sua saúde estava afectada e que temia não estar em condições de continuar em prova. Um vírus, que atacou o estômago da tenista, evoluiu desfavoravelmente na noite que antecedeu o confronto das meias-finais frente à francesa Caroline Garcia.

Em declarações registadas pelo sítio oficial de internet do WTA de Acapulco, Maria Sharapova confirmou não estar em condições de continuar a competir. "Sinto muito por ter de abandonar o torneio.

Publicidade

Eu tive um óptimo início no evento e esperava que me pudesse recuperar a tempo para a partida, mas infelizmente o tempo não foi suficiente", disse Sharapova. "Infelizmente tive um vírus estomacal nos últimos dois dias e durante a noite ele ficou muito pior".

Com expectativa de se estrear logo com uma vitória no WTA, Sharapova viu a adversária seguir para a final, sem sequer ter ido a jogo. Na outra meia-final da competição, Timea Bacsinzskhy bateu, por 2 sets sem resposta, a búlgara Sesil Karatantcheva. A final de 2015 será, por isso, entre Caroline Garcia e Timea Bacsinzsky. #Ténis