O futebolista brasileiro Carlos Alberto, que passou pelo futebol português entre 2003 e 2005, está acusado, no Brasil, pelo #Crime de violência doméstica. Carlos Alberto está acusado de, alegadamente, ter agredido a esposa, Carolina Bernardes, no final de 2014 e novamente em Fevereiro deste ano, altura em que a alegada vítima terá feito queixa à polícia. O Tribunal obrigou agora o atleta a sair de casa e proibiu-o de se aproximar da esposa e dos filhos do casal.

É um escândalo de violência doméstica que está a chocar o Brasil. O médio ofensivo Carlos Alberto, de apenas 30 anos, está sem clube há um ano e vê-se agora com sérios problemas com a justiça brasileira.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a imprensa brasileira, do processo consta uma agressão do futebolista à esposa, Carolina Bernardes, em Novembro de 2014. Na altura, Carlos Alberto terá desferido alguns murros e partiu-lhe mesmo uma costela. No entanto, a esposa não apresentou queixa na polícia nesse momento. Foi já em Fevereiro de 2015 que Carlos Alberto terá usado novamente da violência, insultando a esposa e partindo-lhe os retrovisores do carro. Terá sido a "gota de água" para Carolina Bernardes, que acusou o marido à polícia.

Carlos Alberto foi obrigado a sair de casa, na Barra da Tijuca, onde vivia com a esposa e os dois filhos do casal. E está ainda proibido de se aproximar a menos de 100 metros da esposa ou mesmo de comunicar com ela, de acordo com as medidas de coação decretadas.

Carlos Alberto tem agora 30 anos e uma carreira em suspenso, mas despertou para o futebol muito cedo.

Publicidade

Chegou ao FC Porto com apenas 18 anos e ajudou o FC Porto a sagrar-se campeão europeu em 2004. Foi da sua autoria o primeiro golo portista na final de Gelsenkirchen, quando fez o 1-0, num belíssimo pontapé, no final da primeira parte, contra o Mónaco. No FC Porto, foi campeão nacional, europeu e do Mundo. Em 2005, regressou ao Brasil, ao Corinthians. Voltou a tentar a Europa, mas não foi muito bem sucedida a época de 2006/07 no Werder Bremen, regressando novamente ao Brasil, onde o Botafogo foi a última equipa onde atuou, em 2014. #F.C.Porto