Portugal já está apurado para o Campeonato Europeu de Futsal de 2016. Em Calarasi, na Roménia, a selecção nacional tinha de vencer por 3 golos para vencer o grupo 7 e assim qualificar-se directamente para a competição que se realiza na Sérvia. Perto do fim, Tiago Brito fez o 4-1 final e carimbou desde já a presença no Euro 2016, que se vai realizar em Fevereiro, na Sérvia.

Depois da goleada frente à Geórgia (7-0) e de uma dura derrota contra o Cazaquistão (1-3), Portugal sabia das contas complicadas que enfrentava para poder vencer o grupo 7: tinha de vencer a Roménia por uma margem de três golos para conseguir os 6 pontos e ultrapassar, na diferença de golos, o Cazaquistão (que mais cedo já tinha vencido a Geórgia por 4-0).

Publicidade
Publicidade

Por isso, a equipa orientada por Jorge Braz (cinco inicial com Vítor Hugo, João Matos, Pedro Cary, Fábio Cecílio e Ricardinho) entrou forte, aplicando pressão alta à procura da vantagem pretendida.

A Roménia, a jogar perante o seu público e a quem o 0-0 servia, entrou com uma postura menos atrevida, procurando incomodar com o jogo lançado directamente pelo seu guarda-redes. Portugal fez 24 remates (9 à baliza e um ao poste) na primeira parte, e só no último bateu o guarda-redes Iancu. A proeza coube a Pedro Cary, que a dois minutos do final desbloqueou o nulo, ao finalizar ao segundo poste após assistência de Ricardinho. Foi com a vantagem mínima (resultado que apurava o Cazaquistão e colocava Portugal no play-off como melhor terceiro) que a primeira parte chegou ao fim.

Naturalmente, a segunda parte começou num registo mais intenso de ambas as equipas e aos 6 minutos já havia 3-3 em faltas.

Publicidade

Então, apareceu o mágico Ricardinho, que em 5 segundos marcou os dois golos que Portugal precisava para se apurar directamente. Primeiro, rematou de bico para o 2-0 e, logo a seguir, aproveitou a má saída romena para se isolar e fazer o terceiro, quando faltavam pouco mais de 12 minutos para o final.

Volvidos apenas dois minutos, e quando a Roménia já se preparava para o 5 contra 4, Csoma reduziu, e o resultado voltava a não servir aos portugueses. Portugal carregou, fez entrar Cary como guarda-redes a dois minutos do fim e passado alguns segundos Tiago Brito fez de pé esquerdo o 4-1, gelando o pavilhão da casa e tornando-se no autor do golo que colocou Portugal directamente no Fase Final do Campeonato Europeu da modalidade.

Ficha de jogo

Polivalenta de Calarasi, Roménia

Roménia 1 - 4 Portugal

Golos: Csoma (29); Pedro Cary (17), Ricardinho (27 e 27) e Tiago Brito (38)

Portugal (5 inicial): Vítor Hugo (GR), João Matos, Pedro Cary, Fábio Cecílio e Ricardinho.

Banco: André Sousa (GR), Bebé (GR), Arnaldo (C), Bruno Coelho, Djô, Mário Freitas e Tiago Brito

Treinador: Jorge Braz

Roménia (5 inicial): Iancu (GR), M. Matei, Lupu (C), Stoica e Csoma

Banco: Tonita (GR), Movileanu, Ignat, F. Matei, Dobre, Raduku, Panzaru, Szocs e Manya

Treinador: Zoltan Jakab #Euro2016