"Muito contente por voltar a tocar o céu". Foi desta forma que Ricardinho reagiu à eleição de melhor jogador de futsal do Mundo. Numa votação levada a cabo pelo especializado site FutsalPlanet.com, o atleta da #Selecção Nacional e do Inter Movistar voltou a ser distinguido com este galardão. Num prémio ao nível da Bola de Ouro, mas no futsal, o "mágico" português bateu a forte concorrência do brasileiro Falcão e ainda do italo-brasileiro Gabriel Lima. Havia ainda outros portugueses a competir noutras categorias mas nenhum foi premiado.

Acaba por ser de forma natural que Ricardo Braga, mais conhecido no mundo do futsal como Ricardinho, arrecadou este prémio para a sua já longa lista de troféus.

Publicidade
Publicidade

Depois de um ano de sonho no Inter Movistrar, onde se sagrou campeão de Espanha e venceu a Taça, o número 10 foi ainda considerado de forma unânime o melhor jogador da División de Honor. Num ano que o próprio adjectivou de "sonho", o ala português também deu a sua cota parte na Selecção das Quinas.

Natural de Gondomar, desde cedo Ricardinho começou a dar nas vistas. De finta rápida e curta, e de uma imprevisibilidade fora do comum, foi com naturalidade que em 2003 deu o salto para o Benfica. Na Luz passou 8 anos, com um interregno de duas temporadas. E foi pelas águias que o Mágico conquistou tudo o que havia para conquistar, destacando-se, claro está, o título de campeão europeu da UEFA Futsal Cup em 2010 em pleno Pavilhão Atlântico, curiosamente frente ao seu actual clube.

As passagens pelo Japão, para representar o Nagoya Oceans e pela Rússia foram menos bem-sucedidas, principalmente no CSKA Moscovo, mas no final da temporada a grande porta do futsal espanhol "abriu-se" finalmente para Ricardinho.

Publicidade

E foi na melhor liga do Mundo que o melhor do Planeta voltou a dar cartas. Com a sua chegada, o Inter Movistrar agigantou-se e interrompeu o domínio quase natural do Barcelona. Ao vencer a dobradinha, o futsalista luso deixou Nuestros Hermanos maravilhados e "colados" à sua magia dentro da quadra.

Agora, aos 29 anos, Ricardinho, tal como o próprio disse, voltou a tocar o céu. No currículo falta apenas um grande título pela Selecção Nacional. Há quem diga que está aí à porta. Assim o Esperamos.

Nesta votação para os melhores jogadores da temporada 2013/2014, constavam ainda os nomes de outros portugueses como eram os casos de Nuno Dias, treinador do Sporting, Ana Pereira, Ana Azevedo e Melissa Antunes, jogadoras da selecção, e ainda as equipas do Sporting e de Portugal, mas em nenhum caso lograram ficar entre os três primeiros classificados.

Lista dos vencedores

Melhor Jogador: "Ricardinho"

Melhor Guarda-Redes: Stefano Mammarella (Itália)

Melhor Seleccionador: Roberto Menichelli (Itália)

Melhor Selecção: Brasil

Melhor Treinador: Jesus Velasco Tejada (Espanha)

Melhor Equipa: Barcelona Alusport (Espanha)

Melhor Revelação: Adolfo Fernández (Espanha)

Melhor Jogadora: "Amandinha" (Brasil)

Melhor Árbitro: Alessandro Malfer (Itália)