Foi sobre rodas que o #Benfica fez a festa este fim-de-semana. A equipa feminina de hóquei em patins dos encarnados sagrou-se, pela primeira vez na história, campeã da Europa depois de derrotar as gaulesas do US Coutras por 5-2. Num triunfo marcado do início ao fim pelo heroísmo das águias, Marlene Sousa assumiu para si o papel principal ao apontar quatro golos. No ano de estreia do Benfica na Europa, a equipa da Luz quebrou a hegemonia das equipas espanholas que tinham vencido as oito edições anteriores.

Num triunfo que foi carimbado na cidade espanhola de Manlleu, as águias orientadas pela figura mítica do hóquei patinado encarnado, Paulo Almeida, entraram a todo o gás adiantando-se no marcador logo à passagem do terceiro minuto por intermédio de Marlene Sousa.

Publicidade
Publicidade

Numa primeira parte de ritmo elevado, as águias chegaram ao intervalo a vencer por 4-1, com três tentos da autoria da artilheira da equipa e outro de Rita Vicente. A segunda parte voltou com a equipa das águias a controlar a partida, e novamente com o aumentar da vantagem no marcador. As francesas do US Coutras ainda reduziram para o 5-2 final.

Assim que a dupla de arbitragem italiana apitou para o fim do jogo explodiu a festa portuguesa, era o confirmar de um sonho, o título europeu para o Benfica. Em três anos de existência da modalidade no sector feminino e numa hegemonia a nível interno que já leva quase dois anos sem conhecer o sabor da derrota, desta feita o êxito foi conquistado além fronteiras, com este título na Taça Europeia.

"A Taça é nossa! A Taça é nossa!"

Num feito alcançado logo na temporada de estreia do Benfica na Liga Europeia de hóquei em patins, as estrelas dos encarnados foram recebidas em festa no aeroporto de Lisboa.

Publicidade

Por entre muitas fotografias e gritos de festa "A Taça é nossa! A Taça é nossa!", o ambiente era digno de uma recepção às novas campeãs da Europa. Com esta conquista, o Benfica torna-se no primeiro clube português a conquistar estre título e alcança os espanhóis do Voltregá como os únicos emblemas que conquistaram a Liga dos Campeões de hóquei em patins tanto no sector masculino, como no feminino.