Jorge Mendes pode ser protagonista de mais uma grande transferência no #Futebol mundial caso se concretize o ingresso de Jorge Jesus no Barcelona. Ambicioso, o melhor empresário do mundo já provou que não há impossíveis no mundo de futebol, como demonstrou através das transferências de Ronaldo para o Manchester United, de Mourinho, primeiro para o Chelsea, depois para Inter e Real Madrid e, novamente, para os "blues", entre muitos outros contratos milionários.

Jorge Mendes conseguiu colocar Nuno Espírito Santo no Valencia e, à partida, este desafio até era mais inacessível, considerando que o antigo guarda-redes era apenas um perfeito desconhecido no país vizinho, o que provocou desconfiança e podia ter impedido a concretização do negócio.

Publicidade
Publicidade

Recorde-se que Espírito Santo marcou o início do percurso de Jorge Mendes como agente de jogadores, ao ter sido colocado no Deportivo Corunha.

O perfil de Jesus é diferente, comparando com Nuno Espírito Santo: os títulos de campeão conquistados pelo Benfica e, sobretudo, as finais na Liga Europeia são não só provas de competência, como de popularidade... que um clube como o Barcelona não dispensa.

Luís Enrique pouco elogiado

A saída de Jorge Jesus não está garantida, mas o treinador já ganhou tudo na Luz, ao nível nacional, e sente que só fora do Benfica, e num clube como o Barcelona, pode ganhar o título de campeão europeu. Contudo, Jorge Mendes e Jorge Jesus podem, neste objectivo, deparar-se como um obstáculo intransponível: Luis Enrique. O actual treinador dos catalães nem sempre tem sido elogiado pelo trabalho realizado e já surgiram alegadas polémicas com Messi, mas a verdade é que o Barça ocupa o primeiro lugar em La Liga e, mais do que isso, pode ser campeão europeu.

Publicidade

Em caso de sucesso nestas competições, a continuidade do ex-internacional espanhol ganha contornos mais consistentes.

Apoio de Laporta

Por outro lado, a dupla portuguesa ganha um aliado de peso caso Joan Laporta, amigo de Mendes, volte a ser presidente do Barcelona. Recentemente, Paulo Futre pronunciou-se sobre este cenário na CMTV: "Vamos marcar este dia: eu vejo o Jorge (Jesus) no Barcelona. Depende dos títulos que Luis Enrique conseguir - mas mesmo que ganhe o campeonato e não a Champions, pode sair".

No entanto, Jorge Mendes tem mais alternativas de peso para Jesus. Ou seja, colocá-lo no milionário PSG, que, curiosamente, também lidera o respectivo campeonato e pode ser campeão europeu. Curiosamente, o PSG tem o Barcelona como adversário nos quartos-de-final da Champions.