Maxi Pereira diz adeus ao #Benfica no final da temporada. Em final de contrato, o lateral internacional uruguaio de 30 anos há muito que vem negociando uma eventual renovação com o clube da Luz. Nas diversas reuniões entre Luís Filipe Vieira, presidente dos encarnados, e Paco Casal, empresário do jogador, nunca houve um divórcio consumado, muito por força da temporada estar em andamento e Maxi figurar como um dos jogadores imprescindíveis para Jorge Jesus.

Maxi Pereira, porém, nunca baixou a fasquia exigida: um aumento salarial, que o colocaria no topo dos jogadores mais bem pagos do plantel do Benfica, lado a lado com Nico Gaitán, Salvio e Júlio César.

Publicidade
Publicidade

O Benfica, porém, depois de ter apresentado, numa primeira fase, uma redução substancial do atual ordenado do lateral, acabou por, em último recurso, igualar os valores que Maxi recebe atualmente. Tratando-se de um jogador já com 30 anos, que pretendia renovar por mais três temporadas, a SAD do Benfica nunca aceitou os valores exigidos pelo uruguaio.

Deste modo, e após a última reunião de Paco Casal e Luís Filipe Vieira, ficou praticamente sentenciado que Maxi Pereira deixaria a Luz no final da temporada. O empresário, de resto, já tem em mãos sondagens de Roma (Itália) e Besiktas (Turquia), os principais interessados no internacional uruguaio, que desde janeiro pode negociar livremente o seu futuro.

Descartada está, sabe o ´Blasting News´, uma possível permanência em Portugal. Sendo certo que o FC Porto irá perder Danilo - o futuro do lateral brasileiro será mesmo o Real Madrid -, Luís Filipe Vieira confessou o receio de perder o uruguaio para o rival do Norte.

Publicidade

Paco Casal, e Maxi Pereira, de resto, deixaram bem claro que, em Portugal, o lateral só jogaria no Benfica.

Consumado o adeus anunciado de Maxi Pereira, os encarnados já se viraram para o seu sucessor e, uma vez mais, adivinha-se um duelo de mercado com o FC Porto. Mayke, lateral brasileiro de 22 anos do Cruzeiro é, tal como ´Blasting News´ noticiou em tempo oportuno, a solução referenciada pelos dragões para substituir Danilo e tem também sido observado por um agente com ligações ao Benfica. Mayke tem contrato com o Cruzeiro, onde se sagrou campeão brasileiro, até 2016, e uma cláusula de rescisão fixada nos seis milhões de euros. #Futebol