Alvaro Morata é, actualmente, referência de luxo da poderosa Juventus, líder destacada da Serie A, atravessando um dos melhores momentos da sua já reconhecida da carreira. Algo que se verifica através dos 11 golos e 33 encontros com as cores da Vecchia Signora.

O internacional espanhol foi lançado por José Mourinho a 22 de Dezembro de 2010 na principal equipa do histórico Real Madrid, onde concluiu a sua formação como jogador, proveniente do Getafe depois de ter actuado no Atlético de Madrid, eterno rival dos "blancos". O avançado actuou, naquele dia, durante um minuto na vitória por 3-1 diante do Zaragoza, em La Liga, e, pouco depois, somou 13 minutos na histórica goleada frente ao Levante, a contar para a Taça do Rei.

Publicidade
Publicidade

A utilização foi escassa, mas acabou por ser suficiente para lançar Morata para as luzes da ribalta e projectá-lo com mais consistência a partir de 2012/2013, última temporada de Mourinho como treinador do Real Madrid: disputou 15 partidas, mas apenas marcou dois golos. O craque da Juventus jamais esqueceu a aposta de José Mourinho, como referiu recentemente ao canal de televisão espanhol La Sexta, sem esquecer, também, o apoio de Cristiano Ronaldo: "O Mourinho podia ter apostado noutro, mas escolheu-me e vou agradecer-lhe isso para o resto da minha vida".

Em 2013/2014, Morata somou nove golos, em 34 presenças na principal equipa do Real Madrid, festejou a conquista da décima Liga dos Campeões Europeus do clube da capital espanhola, mas o jogador não ficou com boas recordações de Carlo Ancelotti, e, por isso, acabou por rumar a Turim.

Publicidade

Crescimento na Selecção

Alvaro Morata ainda procura afirmar-se na selecção do seu país, onde regista apenas duas presenças, esperando-se, no entanto, que, a qualquer momento, se torne indispensável na estratégia de Del Bosque e repita exibições nas camadas jovens de nuestros hermanos, como nos Sub-21. A 5 de Setembro de 2013 sobressaiu na formação espanhola, com a marcação de quatro golos na vitória por 6-2 diante da Áustria, como resultado de exibição memorável. #Futebol