O Chelsea conquistou esta tarde os três pontos com bastante sofrimento, ao vencer na visita ao Hull City por 3-2, em jogo a contar para Premier League. A equipa treinada por José Mourinho até entrou bem na partida pois, aos 9 minutos, já ganhava por 2-0, na sequência dos remates certeiros de Hazard e Diego Costa. O Hull City reagiu e, pouco antes da meia hora de jogo, empatou na sequência das finalizações de El-Mohamady e Hernández.

O Chelsea acabou, no entanto, por chegar ao triunfo depois do golo apontado por Rémy, aos 77 minutos. Para trás ficaram dois empates seguidos diante de PSG, na Liga dos Campeões, e do Southampton, (onde actua o português José Fonte) em partida a contar para o campeonato inglês.

Publicidade
Publicidade

Com este resultado, a formação do técnico português soma 67 pontos, mais 6 do que o Manchester City, segundo classificado. "Foi importante ganhar depois do empate em casa. Recordo, que na última época, o jogo aqui foi difícil e hoje aconteceu o mesmo. Têm uma equipa com bons jogadores e foi duro para nós", referiu, no final da partida, Hazard.

Manchester United derrota Liverpool

A vitória do Manchester City, em casa, perante o West Bromwich foi mais tranquila, em comparação com o triunfo dos "blues". O resultado final foi 3-0, com golos de Bony, que marcou pela primeira vez desde que chegou aos "citizens", de Fernando, antigo jogador do FC Porto, e de David Silva.

Triunfo tranquilo

O Manchester United tem, igualmente, razões para sorrir nesta jornada, uma vez que venceu na deslocação a Liverpool por 2-1, num dos clássicos mais importantes do #Futebol mundial.

Publicidade

O espanhol Juan Mata foi o grande herói da partida, ao apontar dois golos, aos 14 e 59 minutos. Dez minutos mais tarde, surgiu o golo de Sturridge, numa partida em que os "reds" terminaram reduzidos a dez jogadores, devido à expulsão de Gerrard, aos 46 minutos.

O Liverpool fica assim mais longe do acesso à próxima edição da Liga dos Campeões, uma vez que está agora na quinta posição, com 54 pontos, menos 5 do que Manchester United, quarto classificado.