O início da 25ª ronda da Liga NOS fica marcado pela derrota do Boavista por 1-0 no reduto pacense, ficando a formação orientada pelo treinador Paulo Fonseca mais próxima dos lugares de acesso à Liga Europa. O Paços, embora à condição, espera agora pelo resultado que o Belenenses irá ter frente ao Estoril-Praia, no sexto lugar da geral. Com este resultado, o Boavista continua a lutar pela permanência e está agora no 13º posto no campeonato, com seis pontos acima da linha de despromoção à segunda liga.

O jogo, apesar de tudo, foi bem disputado, com as duas equipas a proporcionarem um bom espectáculo a quem esteve presente no Estádio da Mata Real.

Publicidade
Publicidade

O encontro ficou marcado, de forma determinante, pelo final da primeira parte. Nestes momentos finais dos primeiros 45 minutos, o defesa central boavisteiro Tengarrinha derrubou na área o avançado Diogo Jota, tendo sido imediatamente expulso com um vermelho directo. O capitão da formação da capital do móvel, Manuel José, não se fez rogado e marcou o único golo do jogo através da marcação da grande penalidade, decorria o minuto 46.

O segundo tempo trouxe ainda mais ambição em vencer a partida, mostrada por parte das duas equipas, mas sem sucesso. Vários foram os lances nítidos de golo mas que esbarravam nos postes, nos guarda-redes, ou em que simplesmente a bola ia para fora. Ainda assim nota positiva para o jovem avançado português, Diogo José, de 18 anos, conhecido como Diojo Jota, que tem mostrado qualidades nestes primeiros jogos que disputa no principal escalão do #Futebol português.

Publicidade

Mas apesar da superioridade, o Paços não foi capaz de ampliar a vantagem que tinha, sobre um esforçado Boavista.

O Paços de Ferreira, de Paulo Fonseca, entrou inicialmente no jogo com António Filipe; Rodrigo Galo, Fábio Cardoso, Ricardo e Hélder Lopes; Manuel José, Seri, Ruben Pinto e Diogo Rosado; Diogo Jota e Vasco Rocha. Jogaram também Minhoca, Bruno Moreira e Sérgio Oliveira.

O agora treinador do Boavista, Petit desenhou o seguinte onze inicial: Mika; João Dias, Carlos Santos, Marek Cech e Afonso Figueiredo; Tengarrinha, Reuben Gabriel, Brayan Beckeles, Idris Mandiang, Michael Uchebo e Brito. No decorrer do encontro, Zé Manuel e Bobô também entraram e somaram minutos nesta partida.