A equipa das quinas, após pouco mais de seis meses de ter voltado ao denominado "TOP TEN", algo que não sucedia desde Julho de 2014, continua a manter a sua posição entre a elite das selecções a nível mundial. Ou seja, está agora nas dez melhores selecções da actualidade. Destaque ainda para a entrada da Itália neste restrito grupo, onde trocou de lugar com a Espanha, no lugar número dez deste ranking.

Por sua vez, os alemães prosseguem na liderança desta hierarquia. A Argentina de Messi e companhia, a vice-campeã mundial, segue em segundo lugar, ao passo que a Colômbia fecha o pódio. O organizador do último mundial, o Brasil, conservou o sexto lugar.

Publicidade
Publicidade

A selecção de Cabo Verde, orientada pelo técnico português Rui Águas, que irá defrontar Portugal a 31 de Março, no Estoril num encontro particular, caiu para o 38.º posto da geral depois ter estado algum tempo na posição número 35. Carlos Queiroz, antigo seleccionador nacional, viu o seu Irão descer um lugar no ranking: de 41.º para o 42.º lugar. Isto aconteceu em virtude da eliminação aos pés do Iraque, nos quartos-de-final da edição 2015 da Taça da Ásia.

O português Jorge Costa continua em alta ao serviço do Gabão. Viu a selecção que treina actualmente subir quatro posições. Ocupando agora o lugar número 54 do ranking da FIFA. Voltando aos países lusófonos, Moçambique também trepou quatro posições, estando agora no 86.º posto depois de ter mantido o 90.º durante bastante tempo. Angola, por sua vez, contínua de pedra e cal no 84.º lugar.

Publicidade

A Guiné-Bissau subiu até à 134.ª posição, ao passo que São Tomé e Príncipe caiu cinco lugares, estando agora no 179.º. Timor-Leste, depois de ter vencido a Mongólia por 4-1, naquele que foi o primeiro jogo da fase de qualificação para o Mundial 2018 que se vai realizar na Rússia, subiu dois lugares, fixando-se na 185.ª posição. A Etiópia, comandada pelo treinador português Mariano Barreto, prolonga a sua estadia no 102.º lugar da hierarquia.

No próximo dia 9 de Abril, a FIFA irá fazer uma nova actualização do ranking das selecções de #Futebol de todo o mundo.