Hoje à noite no Estádio da Amoreira no Estoril joga-se o particular entre as Selecções de Portugal e de Cabo Verde. Estes países só se defrontaram em dois encontros amigáveis. O primeiro realizou-se em 2006 e Portugal acabou por vencer por 4-1, e o segundo aconteceu em 2010 em que o resultado foi um empate 0-0. Mais importante que o resultado, hoje trata-se mesmo é de analisar os jogadores que podem representar o futuro da nossa #Selecção e não necessariamente a longo prazo.

Nos 23 convocados para este jogo temos um misto de jogadores já com experiência, mas que por um ou outro motivo não jogaram regularmente na Selecção.

Publicidade
Publicidade

Os adeptos estarão certamente mais atentos a alguns dos jogadores que estão dentro deste lote.

Na baliza temos Anthony Lopes que é convocado até com alguma regularidade, mesmo para as grandes decisões, mas ainda não conseguiu pôr em causa a titularidade de Rui Patrício. Ventura esteve no banco contra a Sérvia e espreita também um lugar para dar continuidade ao bom trabalho que tem feito no Belenenses.

Na defesa, o destaque vai para Cédric Soares e Paulo Oliveira. Os jogadores do Sporting têm sido importantes na equipa de Marco Silva e começam a afirmar-se como defesas de topo do campeonato português. Se continuarem esta boa evolução serão excelentes substitutos dos veteranos Bosingwa, Ricardo Carvalho ou Bruno Alves.

No meio campo as atenções viram-se para André Gomes, que tem sido decisivo ao serviço do Valência de Nuno Espírito Santo; Bernardo Silva, jogador que acabou por sair do Benfica em definitivo para o Mónaco sem ter sequer passado com regularidade pelo clube da Luz; João Mário, mais uma grande aposta nacional do Sporting; André André que tem sido um importante pilar no V.

Publicidade

Guimarães ou ainda para Adrien Silva, jogador importante em Alvalade e que causou forte contestação a Paulo Bento por parte dos adeptos por não ter sido convocado para o Mundial do Brasil em 2014.

Por fim, na linha mais avançada, Rui Fonte, Ivan Cavaleiro e Lucas João são alguns dos jogadores que merecem destaque. O primeiro destacou-se ao serviço do Benfica B ao apontar 17 golos e procura começar a ganhar destaque na Liga NOS ao serviço do Belenenses. Já Ivan Cavaleiro tem feito bons jogos ao serviço do Deportivo da Corunha onde já realizou 27 jogos. Por fim, Lucas João tem dado nas vistas no Nacional da Madeira onde já apontou 6 golos esta época. #Futebol

Muitos outros jogadores poderiam aqui ser referidos mas o importante é que estes jogadores ganhem ritmo de jogo, quer em Portugal quer no estrangeiro. Assim pode-se garantir uma boa reestruturação da equipa e um futuro mais risonho para a Selecção Nacional.