Na abertura da 28.ª jornada da Serie A italiana, o AC Milan voltou finalmente aos triunfos. Com o lugar de Pippo Inzaghi cada vez mais em risco, a equipa recebeu e bateu o Cagliari por 3-1, pondo fim a uma série de 4 jogos sem vencer e terminando o fim-de-semana na 8.ª posição. No entanto, não se pode dizer que os golos "franceses" da noite rossoneri (um bis de Ménez e um golo de Mexès) tenham animado especialmente o San Siro. É que o encontro foi boicotado pelos fanáticos da Curva Sud, claque que decidiu não comparecer e incentivar o resto dos adeptos a ficar por casa. O estádio ficou praticamente vazio e, no lugar dos tiffosi, estiveram tarjas que protestavam contra os dirigentes e pediam a salvação do clube.

Publicidade
Publicidade

"Game Over. Insert coin and #SAVEACMILAN" ("Fim do Jogo. Insira moeda e #SALVEOACMILAN") e "This is the end" ("isto é o fim"), era o que se podia ler nas faixas que neste jogo substituíram os adeptos. As razões dos protestos são claras. Em comunicado, a claque Curva Sud insurgiu-se contra a forma como "o clube está a ser gerido". E deixou o apelo para que os adeptos se unissem e não entrassem no estádio ou comprassem qualquer tipo de merchandising do clube no dia do embate com o Cagliari.

A claque está saturada do estado a que o clube chegou e a dupla Berlusconi-Galliani, que está à frente do #Futebol do AC Milan, é o principal alvo da contestação. "Quantos sacrifícios fizemos pelo Milan? […] Quantas vezes poupámos para comprar uma camisola ou um bilhete de época? […] A única coisa que tem faltado no AC Milan é clareza e transparência", acusa a claque no comunicado.

Publicidade

Juventus cada vez mais próxima do scudetto

Os outros jogos da jornada não alteraram nem o pódio nem o fim da tabela classificativa. A Juventus venceu o Génova por 1-0 (golo de Carlos Tévez, que é assim o melhor marcador da prova, com 16 golos) e continua a sua caminhada tranquila para o quarto scudetto consecutivo, com 67 pontos. Os dois clubes da capital, AS Roma (triunfo por 1-0 em Cesena) e Lázio (que venceu o Hellas Verona por 2-0) continuam a disputa pelo segundo lugar, estando separados por 14 e 15 pontos, respectivamente, do primeiro lugar.

Na luta pelo acesso à Liga Europa, o Nápoles empatou com a Atalanta (1-1) e viu-se ultrapassado no 4.º lugar pela Sampdória, que venceu em casa o Internazionale por 1-0 . Já a Fiorentina empatou a 2 golos no terreno da Udinese e mantém-se na 6.ª posição. As restantes partidas da 28.ª jornada: Chievo- Palermo(1-0), Empoli-Sassuolo (3-1) e Parma-Torino (0-2).