Quando um jogador é expulso com cartão vermelho directo após 42 segundos de ter entrado em campo não deixa de ser bastante grave, mas mais grave se torna quando estamos a falar de um jogador com o carisma e currículo de Steven Gerrard. O jogador inglês, capitão do Liverpool e considerado um dos maiores ídolos da história do clube, é um dos raros exemplos de amor a um emblema da actualidade do #Futebol. Dos seus 34 anos de vida, Gerrard leva 27 anos dedicados ao Liverpool que começaram nas camadas mais jovens e duram até aos dias de hoje, embora o jogador já esteja de saída no final da época para os LA Galaxy.

No grande jogo da jornada deste fim-de-semana com o Manchester United, o Liverpool encontrava-se a perder em casa por 1-0 ao intervalo graças a um golo de Mata aos 14 minutos.

Publicidade
Publicidade

Na tentativa de reagir à desvantagem, o treinador dos Reds Brendan Rodgers lança o velho capitão em campo mas 42 segundos depois de ter entrado Gerrard pisa Herrera de forma propositada e vê o vermelho directo, deixando incrédulos os adeptos do futebol em geral. Dessa forma, a equipa do Liverpool teve que jogar toda a segunda parte com menos um jogador e viu a tarefa de dar a volta ao resultado muito mais complicada.

Aos 59 minutos Mata faz o 2-0 para o United e descansa os Red Devils, mas o Liverpool com uma tarefa titânica em mãos consegue ainda reduzir a desvantagem com um golo de Sturridge aos 69 minutos. O United beneficiou ainda de um penalti já no período de descontos mas Rooney falhou o castigo máximo. Destaque também para mais um acesso de fúria de Balotelli que num lance de disputa de bola perfeitamente normal com Chris Smalling faz com que o jogador italiano perca a cabeça e arrisca mais uma expulsão para os Reds.

Publicidade

O que valeu foram alguns adeptos que agarraram Balotelli e impediram males maiores para a sua equipa.

Steven Gerrard já pediu desculpas publicamente aos seus colegas de equipa e aos adeptos e reconhece que não sabe o que lhe passou pela cabeça para cometer tal acto que custou caro à sua equipa.