Foi com um encostar de mão na cara de Ryan Giggs que Louis van Gaal "decidiu" comemorar o golo da vitória aos 89 minutos, em Newcastle. Gesto que o adjunto do Manchester United não gostou, deixando à vista de todos uma cara séria e de poucos amigos. Os rumores que davam conta de alguns atritos entre o treinador principal e o seu adjunto ganharam contornos de serem reais, falando-se mesmo num "divórcio" que pode estar para breve. O treinador holandês já desmentiu por completo a má relação com Giggs, mas as imagens falam por si.

Os resultados aquém do esperado, ainda para mais depois do avultado investimento feito esta temporada em reforços, tem colocado, semana após semana, Louis van Gaal sob pressão.

Publicidade
Publicidade

A juntar aos conflitos públicos que tem mantido com o goleador Radamel Falcao, eis que o holandês "virou-se" para uma das principais figuras do emblema de Manchester, Ryan Giggs. Adjunto do holandês, depois de ter segurado o barco na temporada passada após o despedimento de David Moyes, o antigo futebolista é visto como o derradeiro símbolo da mítica equipa que venceu tudo o que havia para vencer sob o legado de Alex Ferguson.

Outra figura mítica do Manchester United, Paul Schooles, já havia afirmado aos tabloides ingleses que Giggs "queria sair da sombra de van Gaal", desconhecendo-se, no entanto, se o encostar de mão na cara do galês tem alguma a coisa a ver com essa intenção do agora treinador adjunto. Na verdade, e apesar da enorme irregularidade que têm apresentado esta temporada, os "Red Devils" têm vindo a trepar posições na Premier League, estando, neste momento, no quarto lugar do campeonato, a um ponto do terceiro (Arsenal) e a cinco do segundo (Manchester City).

Publicidade

Para já, van Gaal respondeu com ironia aos rumores de uma possível má relação com Giggs: "Temos uma péssima relação", não escondendo, logo de seguida, o seu desagrado com o que diz ser um rumor criado pela comunicação social inglesa. Com dez jornadas por disputar, está ainda tudo em aberto para o United, mas será praticamente certo que, seja qual for a classificação final, vão "rolar cabeças" no terminus do ano para os lados de Old Trafford. #Futebol