O Benfica hoje fez história no voleibol. A equipa do Benfica, que há dez anos não participava numa competição europeia desta modalidade, apura-se, pela primeira vez, para a final de uma competição. A equipa portuguesa, que já tinha vencido em casa os italianos do Ravenna por 3 sets a 0, foi agora vencer em Itália por 3-2, garantido, assim, a presença na final da Challenge Cup.

Os encarnados perderam o primeiro set para a equipa italiana com um parcial de 25-23. O equilíbrio foi sendo sempre a nota dominante, mas os italianos acabaram por ser mais felizes. No segundo set a história muda ligeiramente e o Benfica começa a tentar impor o seu domínio chegando a estar em vantagem por 15-18, 17-21 e 18-23, fazendo acreditar que a equipa portuguesa ganharia o seu primeiro set na partida.

Publicidade
Publicidade

Contudo, os encarnados desperdiçaram a vantagem que tinham e acabaram por perder por 27-25. Era o 2-0 para os italianos.

A equipa portuguesa nunca baixou os braços e o terceiro set chegou a estar empatado 10-10. O Benfica encontrou-se novamente a vencer por 18-23, mas, desta vez, manteve-se concentrado e acabou por vencer por 20-25. No quarto set a pontuação acabou por estar um pouco mas desequilibrada para o lado dos encarnados, que chegaram a estar a vencer por 11-16, 15-20 e 16-21. Precisando o Benfica de vencer este set para garantir a presença na final, os encarnados não vacilaram e acabaram por vencer por 18-25. Estava garantida a presença na final.

O terceiro set iria decidir quem seria o vencedor da partida. Mesmo com a eliminatória resolvida, a equipa encarnada não baixou os braços e venceu o set por cinco pontos de diferença, sendo o parcial de 10-15.

Publicidade

O Benfica garante, assim, o apuramento histórico para uma final, com duas vitórias sobre um adversário que teoricamente era muito mais forte, feito que nunca tinha conseguido nesta modalidade,

Na final a equipa do Benfica vai medir forças com os sérvios do Novi Sad que garantiram o apuramento batendo o Stroitel Minsk da Bielorrússia. Os sérvios venceram a segunda mão também por 3-2.