Está cada vez mais próxima a terceira final europeia da história do ABC. O emblema bracarense recebeu e venceu ontem o Stord por 25-18 na primeira mão da meia-final da Taça Challenge. Apesar de ter apostado na rotatividade do seu plantel, Carlos Resende viu a equipa dar uma resposta à altura. A vantagem de sete golos é confortável para a equipa lusa carimbar na Noruega a terceira final Continental. Depois de 1994 e 2005, 2015 pode marcar nova data história para o #Andebol do clube de Braga. Na final até pode ter companhia portuguesa.

A viver uma das fases mais decisivas da temporada e na qual os jogos surgem quase em catadupa, o ABC de Braga apostou todas as suas fichas no plantel, no seu todo, para levar de vencida a equipa nórdica do Stord.

Publicidade
Publicidade

Num Pavilhão Flávio Sá Leite a abarrotar pelas costuras, os bracarenses foram demasiado fortes, principalmente nas tarefas defensivas, "encaixando" apenas 18 golos. Já no ataque a eficácia não foi famosa, falhando os homens da frente 16 ocasiões (!) na cara do guarda-redes Thomas Argard. Mesmo assim, a equipa portuguesa conseguiu construir uma boa vantagem para a segunda mão que se joga no próximo domingo na Escandinávia.

Caso consiga gerir bem a vantagem que leva para a partida decisiva na casa do Stord, o ABC vai marcar presença pela terceira vez na sua história numa final europeia. Depois da Liga dos Campões em 1994 e da Taça Challenge há dez anos, o próximo dia 19 pode carimbar nova data memorável para o andebol bracarense.

Benfica na Roménia para "imitar" ABC no caminho para a final

Tal como o ABC, o Benfica também marca presença nas meias-finais desta Taça Challenge.

Publicidade

Frente aos romenos do Odohrei, os pupilos de Mariano Ortega jogam o tudo por tudo, depois de já terem sido eliminados na Taça de Portugal e no Campeonato, em ambas ocasiões pelo FC Porto. Em perspectiva pode estar uma final 100 por cento portuguesa. Pela frente vai ter os actuais líderes da Liga da Roménia. A partida arranca às 16 horas de Portugal Continental.