A Académica de Coimbra desloca-se hoje ao estádio da Luz para defrontar o SL Benfica, em partida a contar para a 28ª jornada da Liga NOS de #Futebol. Além dos 3 pontos, o jogo concentra uma quantidade surpreendente de factores estatísticos que poderão ser desafiados. A Briosa é a segunda equipa com mais vitórias para o campeonato sobre o #Benfica no novo estádio da Luz (inaugurado em 2003), com 3 sucessos - perdendo apenas para o FC Porto, que venceu aí por 4 vezes. Além disso, o dia 11 de Abril torna-se especialmente aziago para os encarnados.


No dia 11 de Abril de 2008, a Académica venceu os benfiquistas no seu reduto por uma margem humilhante: 3-0, com golos de Miguel Pedro, Berger e Luis Aguiar. Os encarnados tinham o mítico Chalana no banco, em fase de transição, enquanto a Briosa era comandada por Domingos Paciência. Por coincidência, o sorteio do campeonato ditou nova visita dos estudantes à Segunda Circular exactamente no mesmo dia para a temporada seguinte - agora a um sábado. De novo uma vitória da equipa de Coimbra, com golo de Tiero, sem que a equipa treinada pelo espanhol Quique Flores conseguisse inverter a situação. Domingos Paciência conduziu a Académica, nesse ano, ao 7º lugar da classificação final.


Contudo, esse jogo foi precisamente o último em que os benfiquistas ficaram em branco, a jogar em casa, para o campeonato. Desde então tem conseguido marcar sempre - reflexo da fase de sucesso e eficácia da era Jesus, em comparação com os anos anteriores. Ainda assim, o golo marcado em casa no jogo da temporada 2010/2011 não foi suficiente para evitar a terceira derrota no novo estádio, por 2-1. Já com Jesus à frente da equipa e com Jorge Costa no banco dos estudantes, o jogo ficou marcado pelo incrível golo de Laionel aos 92 minutos. num remate de fora da área muito colocado e completamente fora do alcance do guarda-redes Roberto, ligeiramente adiantado em relação à linha de golo. 


Quanto ao jogo de hoje, se por um lado o Benfica conta com os seus 91 jogos consecutivos a marcar em casa e o estatuto e a confiança de líder do campeonato, a Académica vem de 9 jogos consecutivos sem perder para o campeonato. A última derrota foi com o Sporting CP, em Janeiro. E se três empates ditaram o afastamento de Paulo Sérgio, a entrada do técnico José Viterbo foi uma chicotadas psicológicas mais bem sucedidas de sempre na Primeira Liga. O treinador "da casa" alcançou 3 vitórias e 3 empates, catapultando a equipa para longe da zona de despromoção. 


O Benfica enfrenta assim a estranha combinação de um adversário perigoso a jogar no Estádio da Luz, e mais ainda ao dia 11 de Abril (com o sorteio a ditar mais uma visita dos estudantes a Lisboa neste dia), a atravessar um grande momento de forma e a jogar sem muita pressão. Em todo o caso, uma vitória da Académica deixa os estudantes com os 30 pontos "necessários" para garantir a permanência. O desafio tem início às 17 horas.