Marçal, lateral-esquerdo brasileiro de 26 anos, vai ser reforço do #Benfica nas cinco próximas temporadas. O acordo, alcançado há algumas semanas, foi agora consumado na assinatura do contrato, válido a partir de junho e assinado em Lisboa por ocasião da presença do ainda jogador do Nacional na capital portuguesa, onde defrontou, em Alvalade, o Sporting na segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal - os leões venceram por 1-0.

A verdade é que, nos últimos dias, surgiu a notícia de que também o Sporting estava interessado na contratação de Marçal. A abordagem existiu realmente, e o próprio jogador foi informado dessa possibilidade.

Publicidade
Publicidade

A verdade é que o Sporting chegou demasiado tarde porque, apesar de Marçal ser um jogador livre a partir de junho, parte do seu passe já pertencia ao... Benfica. Este é um dado novo. A operação que remonta ainda ao ano passado, foi feita, em total sigilo, pelo Benfica e explica-se em poucas linhas: Marçal transferiu-se para o Nacional em 2012, oriundo do Torreense, assinando um contrato válido por três épocas, ou seja, até junho de 2015. A equipa de Torres Vedras, porém, manteve parte dos direitos económicos do jogador.

No ano passado, porém, e já com Marçal debaixo de olho, o Benfica adquiriu, junto do Torreense, essa parte dos direitos do lateral-esquerdo brasileiro de 26 anos, salvaguardando qualquer interesse de outros clubes na reabertura do mercado, em janeiro deste ano, altura em que Marçal poderia, já como jogador livre, comprometer-se com outro emblema para a próxima temporada.

Publicidade

Nesse negócio com o Torreense, o Benfica, além de parte dos direitos de Marçal, resgatou também o jovem Flávio Silva, avançado formado no Sporting, que renasceu em Torres Vedras e está atualmente ao serviço dos juniores da equipa da Luz.

Deste modo, e depois de ter aparecido o interesse do Sporting, o Benfica avançou em definitivo para as negociações com o jogador, de forma direta, sendo que Luís Filipe Vieira ofereceu ao lateral um salário a rondar os 500 mil euros anuais. De resto, foi prometido a Marçal um lugar na equipa principal na próxima temporada, ocupando a vaga deixada em aberto por Benito, que vai ser reforço do Dínamo Zagreb, da Croácia. #Futebol