O presidente do #Sporting, Bruno de Carvalho, deixou cair o objetivo de conquistar o título de campeão nacional da Liga Portuguesa. Perante os adeptos do Núcleo Sportinguista de Setúbal, e poucas horas antes do encontro com os sadinos, o dirigente leonino assumiu que os objetivos passam agora pela conquista da Taça de Portugal e pelo ingresso na Liga dos Campeões na próxima época. "Queremos vencer a Taça de Portugal e ir à Champions", afirmou Bruno de Carvalho, recebendo uma ovação dos adeptos leoninos, num convívio em Setúbal.

O Sporting começou a época com objetivos ambiciosos estipulados para o ainda jovem treinador Marco Silva, que contava até então no seu currículo com uma passagem de sucesso pelo Estoril.

Publicidade
Publicidade

Mas em poucas semanas se percebeu que não teria pedalada para contrariar a superioridade dos rivais Benfica e FC Porto e ainda para se manter nas três frentes: campeonato nacional, Liga dos Campeões e Taça de Portugal.

Ainda assim, Bruno de Carvalho mantém fortes as ambições para o futuro leonino. "Não temos medo e quero dizer que pretendemos um Sporting cada vez melhor, pois somos exigentes. Queremos ir o mais longe possível", reiterou, corroborando o objetivo estabelecido por Marco Silva de continuar a lutar pelo segundo lugar.

Para esta luta muito contribuiu a vitória do Sporting por 2-1 frente ao Vitória de Setúbal, em jogo da 28ª jornada. Mas a ambição de Marco Silva será uma tarefa hercúlea, uma vez que o FC Porto tem mais oito pontos, quando faltam apenas seis jornadas para o final do campeonato e estão em jogo 18 pontos.

Publicidade

Para mais, os dragões, que esta semana disputam as meias-finais da Liga dos Campeões com o Bayern de Munique, mantêm as aspirações de se sagrarem campeões, lutando com o Benfica, que tem mais três pontos, pelo primeiro lugar.

A pensar no futuro, o presidente dos leões tem de resolver algumas questões internas. A começar pela eventual continuidade de Marco Silva em Alvalade. O técnico, que tem contrato com o Sporting, e o dirigente já estiveram de costas voltadas esta época e agora voltam a surgir notícias da possível saída de Marco Silva. "Todos os anos colocam em causa o meu futuro. Estou mais do que preparado para isso. Não ligo nada e continuo a fazer o meu trabalho", desvalorizou o técnico, após o jogo em Setúbal.

Outra das decisões importantes passa pelo futuro de Cédric Soares. Depois de ser titular indiscutível, o lateral direito está agora de fora das opções técnicas e não foi convocado para o encontro com os sadinos. O jovem formado nas escolas leoninas é um jogador livre no mercado de janeiro de 2016 e Bruno de Carvalho tem até ao Verão para decidir se renova o contrato ou tenta encaixar alguns milhões com uma possível transferência. #Futebol