Dani Caravajal, lateral do Real Madrid, recorreu rapidamente ao Twitter para negar ter mordido Mario Mandzukic, avançado do Atlético de Madrid, durante o encontro desta terça-feira, a contar para a Liga dos Campeões, que terminou, no Vicente Calderón, com empate sem golos. "Quero deixar claro que não mordi ninguém, nem tentei fazê-lo", escreveu o jogador dos "blancos".

O tema ganhou impacto na comunicação social, e tornou-se viral na Internet, devido a um vídeo e diversas fotografias que sugerem a mordidela, numa sequência em que, depois, o croata caiu, ao ser atingido pelo braço de Carvajal, depois de trocas de empurrões e de "puxões".

Publicidade
Publicidade

Caso Carvajal seja posteriormente castigado pela UEFA, o Real Madrid terá de apresentar dupla diferente de laterais, dentro de uma semana, no encontro da segunda mão com os "colchoneros". Marcelo, titular como defesa esquerdo, viu o quinto cartão amarelo, depois de um lance com Fernando Torres, e, por isso, está afastado da próxima partida entre os eternos rivais, o que abre a titularidade a Fábio Coentrão. No flanco oposto, Arbeloa pode ser o substituto de Carvajal.

Outro português que pode beneficiar com a entrada, após impedimento disciplinar, é Tiago, devido ao amarelo mostrado a Mario Suárez.

Tradição atenua vantagem Real

O Real Madrid está, teoricamente, em vantagem, porque vai discutir o apuramento em casa, mas este aspecto fica atenuado, considerando que, nesta temporada, os "blancos" não ganharam nenhum dos sete encontros com a equipa treinada por Diego Simeone, em 2014/2015.

Publicidade

Os actuais campeões da Europa registam, perante os vice-campeões do Velho Continente, três empates e quatro derrotas. A última partida ganha pelos "merengues", neste duelo, aconteceu na final da "Champions" da temporada passada, em Lisboa. 4-1 foi o resultado final.

Juventus triunfa

No outro jogo do dia, a Juventus garantiu, em casa, vantagem para a segunda mão depois de derrotar o Monaco, de Leonardo Jardim, por 1-0. Arturo Vidal marcou o único golo da partida, na transformação de uma grande penalidade aos 57 minutos. #Futebol