Fábio Paim é um dos reforços do desconhecido FK Neveziz, da Lituânia, atual líder da 1 Lyga, a segunda divisão daquele país de Leste. Para trás fica mais uma experiência mal sucedida em Malta, onde o talentoso extremo formado no #Sporting não conseguiu melhor que alinhar apenas em três jogos pelo Mosta FC, todos eles saído do banco de suplentes e nos quais viu três cartões amarelos. O novo clube do atleta, que em tempos foi apontado como uma das principais promessas do futebol nacional, aposta forte na subida de escalão e, para já, soma três vitórias nos três jogos já disputados.

Fábio Paim vai envergar a camisola número sete, como é possível verificar no site do clube lituano, onde surge bem sorridente nas fotos aí disponibilizadas. A sua página de Facebook também não esconde que já está no país de Edgaras Jankauskas, antigo jogador de Benfica e FC Porto. O talentoso mas errático jogador que um dia viu Cristiano Ronaldo admitir que seria melhor do que ele está transformado num autêntico "globetrotter" do futebol mundial e vai colecionando experiências mal sucedidas, todas elas bem distantes do estrelato que nas camadas jovens se previa que viesse a alcançar.

Apontado desde cedo como uma das "coqueluches" da formação leonina, muitos não compreendiam a razão de Paulo Bento não conceder uma oportunidade ao jovem craque para realizar, pelo menos, uma pré-época, com o plantel principal dos leões. Contudo, o tempo acabou por dar razão ao ex-selecionador nacional, pois aos 27 anos o jogador nunca conseguiu impor-se no futebol profissional. Ainda com idade de júnior, Fábio Paim teve a primeira experiência no futebol sénior no Olivais Moscavide, na Segunda Liga, onde surpreendentemente não se conseguiu impor. Esteve depois perto de ser emprestado aos belgas do Roeselare, mas acabou por rodar no Trofense e Paços de Ferreira, sempre sem conseguir a "explosão" que muitos esperavam.

Em 2008/2009, chegou a Stamford Bridge para representar a equipa de reservas do Chelsea, embora com a ambição de poder vingar para convencer José Mourinho a pedir a sua contratação. Voltou a não dar certo. Desde aí que vem alternando de clube e de país. Da China à Grécia, passando por Angola e pelos escalões secundários portugueses, Fábio Paim já procurou a sorte em vários continentes e divisões. Sempre sem sucesso. Resta esperar para ver o que vai acontecer agora na Lituânia. #Por onde anda...