Os azuis e brancos não desarmam pela reconquista do campeonato e o resultado do jogo desta noite de segunda-feira, a contar para a 27ª Jornada da Liga NOS, demonstra isso mesmo. O FC Porto dominou por completo a partida, sem dar grande hipótese de uma reacção à formação da linha de Cascais. Feitas as contas, os comandados de Julen Lopetegui levaram de vencida um Estoril-Praia por uns claros 5-0.

Os golos deste encontro foram da autoria de Óliver (33 m) e Aboubakar (47 m), ainda na primeira parte. No segundo tempo, Ricardo Quaresma marcou por duas vezes. O primeiro golo foi através da marcação de uma grande penalidade (52 m) e depois aproveitou uma desatenção da defensiva estorilense, onde se inclui o guardião Vagner, para marcar mais um (77 m).

Publicidade
Publicidade

O lateral direito Danilo, que esta semana assinou pelo Real Madrid, marcou também um golo (70 m).

Com este resultado, os Dragões continuam no segundo posto atrás do Benfica, à distância de três pontos. Os encarnados venceram neste sábado, por 3-1, o Nacional da Madeira. O Sporting empatou a uma bola com o Paços de Ferreira, na Capital do Móvel, e com este resultado afunda-se mais no terceiro lugar, tendo nesta altura a Taça de Portugal como o único troféu possível de ser conquistado.

No outro encontro do dia, o Marítimo recebeu e empatou com o Vitória de Setúbal a uma bola. Os golos do jogo só apareceram nos últimos 10 minutos da partida, o defesa Patrick Bauer marcou aos 80 minutos, pondo desta forma os insulares em vantagens. Zequina, avançado internacional pelas camadas jovens do Marítimo, empatou o encontro ao minuto 89, fazendo assim o resultado final de um jogo bem disputado.

Publicidade

O FC Porto iniciou a partida com o seguinte onze: Fabiano; Danilo, Martins Indi, Marcano e Alex Sandro; Casemiro, Herrera e Óliver; Ricardo Quaresma, Brahimi e Aboubakar. No decorrer da partida, Lopetegui, técnico dos azuis e brancos, fez entrar Quintero, Ruben Neves e Hernâni.

O Estoril, orientado por Fabiano Soares, depois da saída de José Couceiro, começou com Vagner; Anderson Luís, Yohan Tavares, Bruno Miguel e Rúben Fernandes; Taira, Filipe Gonçalves e Diogo Amado; Balboa, Sebá e Fernandinho. Matheus, Leo Bonatini e Tozé entraram no decorrer da partida. #Futebol #F.C.Porto