Os juvenis do Maia Clube Açores conquistaram hoje (sábado, 25 de abril) um lugar na final da Taça de São Miguel de futsal, depois de vencerem por 5-2 o CE Vila Franca do Campo, mantendo-se os maiatos ainda na segunda fase dos nacionais da modalidade. A equipa oriunda da freguesia da Maia (Ribeira Grande) sagrou-se recentemente campeão regional da modalidade (na sua categoria, juvenis), depois de realizarem uma época brilhante, onde contabilizaram vinte e cinco jogos, e onde conheceram a derrota por uma única vez. Cheios de garra e muita força de vontade, acrescida de grande humildade, eis que o Maia, em representação da AFPD, venceu e convenceu, arrecadando desta forma o título de Campeão Regional.

Publicidade
Publicidade

Atualmente na segunda fase dos nacionais de juvenis de #Futsal, os campeões maiatos conquistaram hoje mais um lugar numa final da Taça de São Miguel, que vai ocorrer no próximo sábado, frente à poderosa equipa de CD Rabo de Peixe, naquilo que se apelida de um "derby quente", já que são duas formações da cidade da Ribeira Grande, Ilha de São Miguel.

Mas se as provas da AFPD são importantes para o técnico campeão Rodrigo Macedo, um jovem professor de educação física oriundo do Brasil, que leciona na freguesia da Maia há alguns anos, o facto é que grande parte da sua motivação desportiva passa pela presença nos nacionais. É que nunca uma equipa de formação do Maia CA tinha alcançado tal patamar. Após uma caminhada com duas vitórias e duas derrotas, na Série F, da zona Sul, eis que a segunda fase deste nacional é uma realidade.

Publicidade

Benfica e Sporting são hipóteses nos nacionais de futsal do Maia CA

Segundo o técnico Rodrigo Macedo, a alegria da conquista de hoje nas meias-finais, de mais uma vitória e um consequente lugar na final, é mais uma motivação para o clube e para todos os atletas e simpatizantes do clube.

"Todos nós ficamos muito contentes com a passagem à fase final da Taça de São Miguel, pois é algo que engrandece o nosso trabalho. Acaba mesmo por ser um reconhecimento que muito me orgulho destes jovens onde a humildade e dedicação são uma constante". E Rodrigo Macedo acrescentou que já denota um desgaste dos seus atletas, "pois estão quase a contabilizar 40 jogos oficiais esta época. Gostaria de ter um plantel mais extenso mas não é possível. É que o meu plantel tem apenas entre 10 a 12 jogadores...".

Quanto aos adversários nos nacionais, o treinador maiato disse que "tirando o Benfica e o Sporting, que realmente estão num nível superior, tentaremos jogar de igual para igual com as demais equipas.

Publicidade

Com esta nova etapa, vamos somar no mínimo mais dez jogos nos nacionais, onde o nível competitivo é alto e por isto estamos a aproveitar o momento, não esforçando muito nos treinos". Ainda relativamente aos próximos adversários nesta fase do nacional de juvenis, os grupos de quatro equipas cada vão ser conhecidos nos próximos dias, onde os arquipélagos açoriano e madeirense estarão presentes. "Em relação à população da Maia, sinto um orgulho enorme. As pessoas estão a ir nos jogos, até fotocópias do hino do clube foram distribuídas e [o hino] entoado durante os jogos. Isto não tem preço. Sentir que o provo está satisfeito e orgulhoso em ser Maiato é melhor que a conquista de qualquer troféu."