A Selecção Nacional Portuguesa de Hóquei em Patins venceu hoje a Espanha por 3-2 e garantiu o 18º triunfo na Taça das Nações da modalidade. Esta é também uma vitória histórica porque pela primeira vez Portugal ganhou esta competição quatro vezes consecutivas. A Espanha, que normalmente se impõe a Portugal em Mundiais e Europeus, não conseguiu desta vez ser mais forte. Portugal "vinga" assim a derrota que sofreu por 1-0 na fase de grupos.

Num jogo que tinha tudo para ser rápido e dinâmico, as equipas jogaram numa toada ofensiva e os guarda-redes estiveram em destaque ao manter invioláveis as suas redes em várias ocasiões.

Publicidade
Publicidade

A sorte acabou por sorrir primeiro a Portugal e Hélder Nunes adiantou a #Selecção Portuguesa aos sete minutos da primeira parte num remate frontal à baliza espanhola aproveitando bem uma jogada de contra-ataque. A meio da primeira parte foi a Espanha a aproveitar bem o contra-ataque por intermédio de Antonio Perez que empata a partida a uma bola, resultado que se ajustava dado o nível imposto por ambas as equipas no jogo. A oito minutos do intervalo, Gonçalo Alves abriu o livro e faz o 2-1 para Portugal num golo monumental onde "bailou" à frente da defesa e do guarda-redes espanhol. O jogo foi para a segunda parte com o resultado em 2-1 favorável a Portugal.

Na segunda parte a vontade de ganhar das duas equipas continuou. Aos 9 minutos Antonio Perez viu o cartão azul e deixou Portugal em power play, mas Hélder Nunes falhou o livre directo.

Publicidade

Portugal acabou por chegar à 10ª falta a oito minutos e meio do final e dar um livre directo para a Espanha que foi aproveitado por Antonio Perez, que empatou novamente a partida fazendo assim o seu segundo golo neste jogo. Quando se poderia pensar num prolongamento, João Rodrigues dá a vitória a Portugal, a dois minutos do fim, dando assim a vitória no jogo e a conquista da Taça das Nações.

Nos outros jogos da tarde, a Itália venceu Angola por 3-2 conquistando assim o último lugar do pódio do torneio; a Alemanha garantiu o quinto lugar ao vencer a França por 1-0 e a Suíça garantiu o sétimo lugar ao vencer a equipa do Montreux por 3-2.

A classificação final da Taça das Nações ficou ordenada da seguinte forma:

1º - Portugal

2º - Espanha

3º - Itália.

4º - Angola

5º - Alemanha

6º - França

7º - Suíça

8º - Montreux