O Barcelona e o Real Madrid venceram hoje os seus respectivos jogos a contar para a 30ª jornada da Liga Espanhola. Com as vitórias conquistadas, o Barcelona mantém a vantagem de quatro pontos para o Real Madrid. Ambos os clubes mantêm para o Atlético de Madrid e Valência, actuais terceiro e quarto classificado, uma distância confortável na tabela classificativa. Mais uma vez, e como é hábito nos dois principais emblemas do #Futebol Espanhol, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi voltaram a ser decisivos.

O Barcelona recebeu e venceu o Almería, actual 18º classificado, por uns expressivos 4-0. Quando o jogo ainda expressava no marcador 0-0 e o Barcelona ia desperdiçando oportunidades de golo, eis que aparece Lionel Messi.

Publicidade
Publicidade

O argentino deu vantagem ao Barcelona após um passe de Bartra e desbloqueia um jogo que ateimava em não sair do empate sem golos. Chegados à segunda parte, aparece mais um jogador importante na manobra da equipa catalã. Luis Suárez faz dois golos que ajudam os comandados de Luis Enrique a atingir uma importante vitória; o primeiro após passe de Dani Alves aos 55 minutos e o segundo já em tempo de compensação com assistência de Pedro Rodríguez. Pelo meio, Bartra, que assistiu Messi para o primeiro golo da partida, fez o gosto ao pé e apontou o terceiro golo dos catalães.

O Real Madrid viajou até ao "vizinho" Rayo Vallecano e selou um triunfo importante na perseguição ao líder Barcelona. A vitória dos "Blancos" não foi nada fácil e ao intervalo tinha sido mesmo o Rayo a ter causado mais perigo para a baliza de Casillas.

Publicidade

Mas na segunda parte, o Real decidiu acordar para o jogo e começou a criar mais perigo. Aos 68 minutos aparece #Cristiano Ronaldo que, de cabeça, adianta o Real Madrid no marcador, fazendo descansar um pouco mais Carlo Ancelotti. Seis minutos depois, o Real alcança o golo da tranquilidade através do regressado James Rodríguez após longo período de lesão. Cristiano Ronaldo viu um cartão amarelo neste jogo e terá que cumprir castigo no próximo jogo frente ao Eibar.