Os cinco golos que #Cristiano Ronaldo marcou este domingo de Páscoa frente ao Granada continuam nas bocas do Mundo. A "Manita" do craque português permitiu a recuperação da média de tiros certeiros do início da temporada que, entre outras consequências, colocou o camisola 7 de novo na liderança dos melhores marcadores em Espanha, o Pichichi. Com 36 tentos, contra os 32 de Lionel Messi, o luso tem neste momento uma média de 1,24 golos por jogo, o que significa que mantendo este ritmo terminaria a época com 47 remates certeiros. Estas cifras garantem desde já o título de melhor marcador em 78 edições da La Liga. No entanto, o objectivo é chegar à meia centena de festejos.

Publicidade
Publicidade

50 golos é mesmo a principal meta de Cristiano Ronaldo, dado que é esse o recorde que pertence a Leo Messi e que vem desde a temporada 2011/2012, em que o astro argentino arrecadou o título de máximo goleador. Neste momento são 36 os tiros certeiros do português, que seriam suficientes para ser o Pichichi de nem mais nem menos que 78 épocas em Espanha. O mesmo será dizer que em somente cinco edições é que Cristiano Ronaldo não seria o rei dos marcadores. A saber, Telmo Zarra (Athletic Bilbao) fez 38 tentos em 1950/1951, Hugo Sánchez (também no Real Madrid) apontou igualmente 38 golos em 1989/1990, o próprio Cristiano Ronaldo fez 41 em 2010/2011 e Lionel Messi marcou 50 e 45 golos em 2011/2012 e 2012/2013 respectivamente.

O domingo de Páscoa veio ressuscitar CR7 que parecia amorfo nas últimas semanas, facto que não colocou em causa a espectacular média que mantém esta temporada.

Publicidade

Ora vejamos, o craque luso, nos 26 jogos da Liga espanhola, apenas ficou em branco em 7, chegando a estar 10 partidas seguidas sempre a facturar. Além da "Manita" de ontem, a primeira da carreira, Ronaldo já havia feito um Poker (4 golos) ao Elche, além de 3 hat-tricks (contra Deportivo, Celta e Athletic Bilbau).

O Melhor jogador do Mundo parece ter recuperado o ânimo de jogar e logo com cinco golos numa partida só. Com esta "actualização" de números, o atacante português está novamente lançado para conquistar, entre outros títulos, a Bota de ouro, tendo como único concorrente Leo Messi. #Futebol