Em entrevista à revista "Mística", pertencente ao Sport Lisboa e #Benfica, o argentino Nico Gaitán, revelou que se sente muito bem no Benfica. Deixou também elogios ao companheirismo de Maxi Pereira e agradecimentos a Jorge Jesus por toda a cultura táctica que aprendeu nos últimos anos. Segundo o craque de #Futebol isso contribuiu para fazer dele um dos melhores jogadores da Europa.

Nico Gaitán confidenciou que foi Maxi Pereira quem tratou da sua integração, sendo uma espécie de "padrinho" para o argentino, tendo-lhe aberto as portas da casa. "Hoje faz parte da família. Eu tinha acabado de chegar e ele abriu-me as portas de casa.

Publicidade
Publicidade

Ter conhecido o Maxi foi uma das melhores coisas que me aconteceu na vida. Todas as pessoas o conhecem pela raça que demonstra em campo, e a isso podem acrescentar humildade, respeito e sinceridade", revelou o argentino.

Mas Nico não esquece os restantes companheiros, e revela que no balneário do Benfica está tudo entre amigos e o bom ambiente prolifera, não havendo espaço para estrelas ou para zangas. O argentino reforça que se sente em casa, e quando está em casa, e está entre amigos, não pensa em sair.

O camisola 10 dos encarnados revelou ainda que teve algumas dificuldades no início da sua saga em Portugal porque estava convencido que já tinha tudo para jogar ao mais alto nível. Mas foi o técnico dos encarnados que lhe abriu os olhos em relação à cultura táctica, e por isso o médio argentino lhe está agradecido.

Publicidade

Com uma trajectória interessante, saído da formação do Boca Juniors, alinhou duas épocas ao serviço da equipa principal dos argentinos, onde foi preponderante para o título argentino em 2008, tendo assinado pelo Benfica em 2010. Com algumas dificuldades em impor-se na equipa encarnada por culpa própria, segundo disse agora neste entrevista, foi com o passar dos anos que adquiriu todos os ensinamentos do técnico encarnado, sendo agora uma peça fulcral no processo ofensivo, e também no defensivo, das águias.

Recorde-se que Nico Gaitán está condicionado para o próximo jogo dos encarnados, no sábado, dia 18 de Abril, frente ao Belenenses, estando assim em dúvida para as contas de Jorge Jesus.