Depois da derrota na Madeira, o FC Porto regressou ás vitórias nesta segunda-feira contra o Estoril-Praia. A jogar em casa, ambiente favorável à equipa, o FC Porto via-se obrigado a ganhar perante a vitória do Benfica nesta jornada. Neste jogo, o FC Porto encontrou um Estoril extremamente defensivo e muito pouco perigoso, praticamente não chegando perto da baliza na qual Fabiano voltou a ser titular esta noite.

No FC Porto, com Tello lesionado, Ricardo Quaresma voltou à titularidade fazendo um brilharete e mostrando que vale todos os elogios que tem recebido, inclusive por parte do treinador Lopetegui, fazendo dois golos e duas assistências.

Publicidade
Publicidade

Com Danilo a jogar pelo flanco direito, Ricardo Quaresma foi essencial na realização de cruzamentos para a área. Ao minuto 33, num desses cruzamentos, Óliver apareceu junto ao segundo poste, e com o ombro fez o primeiro golo para o FC Porto. A seguir, Aboubakar remata junto da baliza e, se não fosse o jogador do Estoril Bruno Miguel a impedir a passagem da bola atirando-se para o chão, era assim o segundo do Porto. Com controlo total no jogo por parte do azuis e brancos, minutos antes do intervalo Ricardo Quaresma faz mais um magnifico cruzamento, desta vez encontrando Aboubakar que se encontrava no mesmo local onde Oliver tinha feito o primeiro golo, fazendo assim o 2-0 ao intervalo.

Por isso, na segunda parte o FC Porto continuou com a liderança total no jogo, fazendo de Fabiano quase um mero espetador.

Publicidade

No minuto 51, Filipe Gonçalves fez um grande penalidade sobre Brahimi, sendo Ricardo Quaresma quem rematou á baliza fazendo o Estoril temer o terceiro golo. Aos 70 minutos, foi a vez do capitão Danilo, já com contrato assinado o Real Madrid, que não hesitou e fez uma fantástica jogada fazendo assim o 4-0. No final da partida, Matheus pede falta junto à área do Estoril, o árbitro consente, é é o Mustang a rematar e a carimbar o quinto golo para os dragões. O FC Porto teve uma noite mágica no Dragão e continua assim na corrida pela titulo.