O Chelsea de José Mourinho tem este Domingo, às 13h30, a primeira de oito finais que tem que disputar rumo ao seu quinto título de Campeão Inglês. Mourinho, que já ajudou o clube a ganhar dois dos quatro títulos de campeão que possui no seu historial, pode deixar uma marca única nos Blues. O adversário que se segue é o Queens Park Rangers, ou QPR como é mais conhecido, clube que tem uma grande rivalidade com o Chelsea e o Fulham por serem todos da mesma zona da cidade de Londres.

Apesar da grande rivalidade entre os clubes, QPR e Chelsea enfrentam momentos diferentes actualmente. O QPR ocupa o 18º lugar da tabela classificativa, dois pontos abaixo da linha de água, e tudo está a fazer para não descer na época em que regressou à Premier League, depois de ter descido na época de 2012/2013.

Publicidade
Publicidade

Os Rangers têm na actual edição da Premier League 7 vitórias, 5 empates e 20 derrotas. Certamente que os Rangers não querem ter uma carreira intermitente no que diz respeito às presenças na Premier League. Contudo, o QPR não costuma ser um adversário "agradável" para o Chelsea, com ou sem José Mourinho.

Apesar da história agora ser diferente, o Chelsea só venceu duas vezes no terreno do QPR, aconteceu em 1968 e em 1996. Nos tempos modernos em que o Chelsea se tornou gigante no #Futebol europeu as equipas encontraram-se somente por duas vezes, e mesmo com as "equipas de milhões" o Chelsea não conseguiu vencer. Em 2011/2012, ano em que o Chelsea ganhou a Champions League, o QPR impôs uma derrota por 1-0 ao Blues e na época seguinte verificou-se um empate 0-0.

Historicamente estas duas equipas defrontaram-se por 18 vezes em Loftus Road, estádio do QPR.

Publicidade

Nestes confrontos registaram-se 7 vitórias do Rangers (uma das quais por 6-0, em 1984), 9 empates e duas vitórias para o Chelsea (uma das quais por 4-0, em 1968). Mourinho procura, assim, uma vitória perante um adversário que, apesar de ser teoricamente mais fraco, parece transfigurar-se neste tipo de jogos e fazer a vida negra aos Blues.