#Cristiano Ronaldo prepara-se para ser o melhor marcador de sempre com ligações ao Real Madrid na I Liga Espanha, objectivo que deverá ser atingido já na próxima época, considerando que, entretanto, não muda de clube. Hugo Sanchez, o notável avançado mexicano dos "blancos" que passou também pelo Atlético de Madrid e Rayo Vallecano, lidera este "ranking", com 234 remates certeiros, mais 22 do que o internacional português, depois da "manita" aplicada neste domingo ao Granada, na vitória histórica por 9-1.

Apesar de ser uma máquina goleadora indomável, não é provável que Ronaldo consiga ultrapassar Sanchez, mas pode ficar a dez ou a onze golos do seu próximo objectivo.

Publicidade
Publicidade

Se mantiver a actual média de golos, nos nove jogos que faltam para o fim da I Liga de Espanha, Ronaldo pode terminar a época com 224 golos. Ronaldo é, actualmente, o quarto melhor marcador de sempre do Real Madrid no campeonato espanhol, com 212 golos, num total de 299, o que já é notável, considerando que se trata de um dos melhores clubes do mundo, mas para sua ambição este registo sabe a pouco.

Rivais de peso

Não é impossível que Ronaldo integre, pelo menos nesta época, o último lugar do pódio deste "ranking", ocupado actualmente por Di Stefano, avançado que marcou a história do Real nos anos 50 e 60 e que registou 227 golos. Com mais um golo está Raúl Gonzaléz, no segundo lugar, depois do sucesso conhecido nos anos 90 e 2000. Curiosamente, CR7 foi companheiro do internacional espanhol em 2009/2010, a sua primeira época depois de ter saído do Manchester United e última temporada de Raúl nos "blancos".

Publicidade

Entre estes avançados, Raul González é o único espanhol, uma vez que Di Stéfano, apesar de ter representado a selecção de "nuestros hermanos", nasceu na Argentina. O eterno ídolo de Eusébio jogou não só pelo país das Pampas, como pela Colômbia.

Títulos na mira

Cristiano Ronaldo não pensa apenas em recordes individuais e, no horizonte, tem as conquistas do título de campeão espanhol - missão que não é fácil, devido aos quatro pontos de vantagem do Barcelona - e a renovação do título de campeão europeu. Neste caso, os merengues vão lutar pelo acesso às meias-finais com o Atlético de Madrid, rival que, nesta época, tem sido um pesadelo para Ronaldo e companhia. #Futebol