Está instalado o clima de suspeição na Segunda Liga portuguesa. O Farense alertou esta quinta-feira, 9 de Abril, que quatro dos seus jogadores do plantel profissional tinham sido aliciados com dinheiro de forma a "facilitarem" no jogo deste sábado, dia 11, frente ao Atlético Clube de Portugal. Segundo informou o presidente dos Leões de Faro, um homem supostamente mandatado pelo emblema de Lisboa, abordou Rui Duarte, Neca, Califo e Kiki Balack, prometendo-lhes verbas monetárias para que o clube da Tapadinha saísse do São Luís com os três pontos. Caso foi prontamente denunciado pelos jogadores à Direcção que fez queixa à Liga de Clubes. Também o Atlético já se demarcou deste episódio que considera "surreal".

Publicidade
Publicidade

Um homem de origem turca, que se terá identificado como intermediário do Atlético, deslocou-se até às imediações do Estádio São Luís em Faro (local do jogo deste sábado), onde abordou os quatro atletas do Farense. Afirmando que dinheiro não seria problema, o individuo falou primeiro com Califo e Kiki Balack a quem disse de forma clara ao que vinha, comprar o jogo de forma a que o clube da Tapadinha vencesse. Os dois jogadores de imediato informaram os empresários, a Direcção do Farense, bem como os restantes colegas do sucedido. A verdade é que o dito homem mandatado pelo clube de Lisboa ainda contactou, desta vez por via telefónica, Rui Duarte e Neca sendo que o propósito era o mesmo, aliciá-los.

Silas e Dady negam ter dado contactos dos jogadores do Farense ao intermediário

Segundo informou à imprensa António Barão, presidente do Farense, Silas e Dady, ambos jogadores do Atlético, terão sido referidos na conversa telefónica entre Rui Duarte e o aliciador.

Publicidade

Quando questionado pelo atleta do Farense como tinha tido acesso ao seu número, o homem terá respondido que tinha sido a dupla da Tapadinha que lhe forneceu os contactos. Os dois experientes jogadores já reagiram a este episódio, negando categoricamente qualquer envolvimento neste caso. Na sede do Sindicato dos Jogadores Profissionais, anunciaram que vão avançar com uma queixa-crime contra terceiros. Também o Atlético reagiu aos últimos acontecimentos, demarcando-se, através de comunicado, de ter enviado qualquer intermediário para aliciar os jogadores do Farense. A administração da SAD da Tapadinha, apelidou como "surreal" esta história.

Farense e Atlético defrontam-se este sábado no São Luís a partir das 16 horas. #Futebol