Estão a decorrer por estes dias as Rondas de Qualificação para o Campeonato do Mundo de Snooker, que arrancará no próximo sábado, dia 18 de Abril. No Ponds Forge International Sports Centre em Sheffield (Inglaterra), desde o passado dia 8 de Abril que 128 jogadores procuram conquistar um dos 16 lugares no Quadro Principal da maior competição do ano no que ao Snooker diz respeito, onde já têm participação garantida os 16 primeiros classificados do Ranking Mundial da World Snooker. Após três rondas de encontros jogados à melhor de 19 frames, saberemos quem lutará pelas 300.000 libras (mais de 400.000 euros) que aguardam o Campeão do Mundo. O heptacampeão brasileiro Igor Figueiredo é um dos participantes e está perto de fazer história. Na 2º ronda da competição, Figueiredo derrotou Rod Lawler, actual 36º classificado do Ranking Mundial por 10-9, num final de encontro impróprio para cardíacos.

Depois de o brasileiro ter dominado a primeira sessão, saindo para o descanso com vantagem por 5-2, o início da segunda sessão viu mais do mesmo, com Figueiredo a vencer os três primeiros frames, para passar a vencer por 8-2, um resultado que parecia deixar Lawler quase sem hipóteses de recuperação. Mas como no snooker só há certezas depois de embolsada a última bola do último frame, o inglês mostrou a sua já conhecida resiliência para dominar a fase seguinte do encontro e colocar pressão no adversário. Lawler conquistou os três frames seguintes para chegar ao 8-5, vencendo Igor o frame seguinte para o 9-5, ficando a apenas uma vitória da ronda seguinte.

Lawler recuperou até 9-8, até chegarmos a um 18º frame cheio de tensão, tendo sido apenas decidido na reposição da bola preta (devido ao empate pontual no final do frame), onde a sorte sorriu ao inglês, deixando o encontro para ser definido no frame decisivo, para alguma frustração do brasileiro, que parecia ter a vitória na mão. Já passava da meia-noite local quando os jogadores iniciaram o frame decisivo, após cerca de 9 horas de jogo no total das duas sessões. Como qualquer erro poderia ser o último, este jogo decisivo teve uma grande componente tática e defensiva, durando mais de uma hora. O brasileiro esteve muito perto da derrota, mas um erro defensivo de Lawler colocou Figueiredo no domínio do frame, obrigando o adversário a várias faltas que se revelaram decisivas. Mas foi nas últimas duas bolas que tudo se decidiu, com Igor Figueiredo a embolsá-las para a vitória, soltando um grito de alívio no momento.

Já na 1ª ronda, Igor Figueiredo protagonizou um dos resultados mais surpreendentes dessa fase. Não exatamente pela sua vitória, mas pelos números com que ela foi conseguida, derrotando Nigel Bond (ex-finalista do Campeonato do Mundo) por 10-3, com várias entradas acima dos 50 pontos, mostrando o seu bom momento de forma.

Com este resultado, Igor Figueiredo está perto de fazer história no Snooker brasileiro e mesmo mundial. Caso Figueiredo ultrapasse o seu adversário na 3ª ronda de qualificação (Ben Woollaston ou Robin Hull, que jogam o seu encontro esta segunda-feira) e garanta a participação no Campeonato do Mundo, será o primeiro jogador sul-americano a fazê-lo em toda a história da competição, que já existe desde 1927. O seu encontro decorrerá esta terça e quarta-feira, com ambas as sessões a iniciar às 17:00 de Portugal.

Também pela primeira vez na história, foram dois os atletas brasileiros a participar nas Qualificações para o Campeonato do Mundo. Para além de Igor Figueiredo, Itaro Santos recebeu um wild-card por parte da organização, mas teve sorte diferente do seu compatriota. Na sua primeira experiência numa competição deste calibre, foi derrotado pelo experiente Mike Dunn na 1ª Ronda, por 10-4.