O Sporting CP conseguiu ontem um importante feito, tanto para o clube como para Portugal, ao conquistar no hóquei em patins a Taça CERS frente ao Reus. Esta é a segunda competição mais importante de hóquei a nível europeu, considerando-se equivalente à Liga Europa no futebol. A primeira vitória leonina nesta competição datava de 1984. O presidente Bruno de Carvalho, presente no local, juntou-se à festa.


Num jogo disputado no pavilhão do Igualada, na Catalunha, em Espanha, os jogadores leoninos até entraram bem, tendo conseguido inaugurado o marcador por Tiago Losna. Os jogadores do Reus conseguiram dar a volta ao resultado e fixar o marcador em 2-1. Porém, os jogadores do #Sporting nunca baixaram os braços nem perderam a vontade e o desejo de trazer a Taça para Portugal, tendo conseguido empatar a partida a 2 golos através de João Pinto, num lance onde o jogador leonino apenas teve de encostar o stick, levando o jogo para prolongamento.


No tempo extra, nenhuma das equipas conseguiu marcar, levando o excelente jogo a que se estava a assistir para o desempate por penáltis. Os jogadores leoninos foram mais felizes dos que os espanhóis, muito por culpa, provavelmente o melhor jogador em campo, o guarda-redes André Girão. O guarda-redes leonino defendeu quatro grandes penalidades e assim ajudou o Sporting a trazer a Taça para o museu leonino.


Uma taça conquistada pelo Sporting pela segunda vez,tendo a primeira sido há precisamente 31 anos. Após o final da partida, jogadores, equipa técnica e Bruno de Carvalho festejaram em pleno ringue esta conquista sofrida mas magnífica para o clube de Alvalade. Troféu este que vem premiar o investimento feito pelo Sporting nas modalidades em geral, e no hóquei em patins em particular, uma vez que há apenas três temporadas o clube ainda se encontrava na terceira divisão, depois de a secção de hóquei ter sido reactivada.

Esta tem sido uma das "bandeiras" actuais do clube, que em tempos passados se orgulhava do seu eclectismo, da presença consistente e vencedora no maior número de modalidades desportivas e na possibilidade de seus os seus adeptos e associados poderem praticar qualquer tipo de desporto.

Publicidade
Publicidade

 Espera-se que este sucesso permita não apenas motivar os sportinguistas para o hóquei em patins, como os jovens portugueses em geral, para uma modalidade que continua a congregar simpatias por todo o país.