Um golo do defesa Ewerton aos 85 minutos carimbou o passagem do Sporting à final da Taça de Portugal, no Jamor. Depois do empate a duas bolas verificado na Choupana, casa do Nacional da Madeira, os leões tiveram 'a chamada estrelinha da sorte' num duelo bastante equilibrado a todos os níveis. Daí que o único golo da partida tenha surgido somente a cinco minutos dos 90.

O golo acontece após a marcação de um livre executado pelo lateral esquerdo Jefferson e em que o central, também ele brasileiro, Ewerton aproveita para cabecear mais alto e garantir em definitivo a passagem da formação de Alvalade à final da segunda competição mais importante a nível nacional.

Referir ainda que os comandados de Marco Silva estavam em vantagem nesta eliminatória referente às meias-finais da Taça de Portugal, fruto do já citado empate a duas bolas, na Madeira.

Publicidade
Publicidade

Contudo, e face ao caudal ofensivo apresentado pela turma do professor Manuel Machado, os adeptos só conseguiram tranquilizar-se nos instantes finais após a obtenção do tão desejado golo da vitória.

O Nacional da Madeira sonhava ainda com o histórico e ímpar apuramento para a final da Taça de Portugal na sua história mas falta de concretização foi o 'item' em que os jogadores alvi-negros estiveram menos bem. De resto foi um belo jogo de #Futebol disputado nesta noite de quarta-feira, 8 de Abril, em Alvalade.

O #Sporting apresentou-se inicialmente com Rui Patrício; Miguel Lopes, Paulo Oliveira, Ewerton e Jefferson; William, João Mário e Adrien; Carrillo, Nani e Slimani. Entraram no decorrer do encontro: Tanaka, Carlos Mané e André Martins.

O onze inicial do Nacional foi: Gottardi; João Aurélio, Rui Correia, Zainadine e Marçal; Aly Ghazal, Tiago Rodrigues e Christian; Luís Aurélio, Marco Matias e Soares.

Publicidade

Jogaram ainda Gomaa, Camacho e Lucas João.

Sporting de Braga está perto da final

O Braga e o Rio Ave ainda vão disputar a segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, porém os minhotos estão mais próximos desse objectivo graças à vantagem conseguida na primeira-mão: um triunfo por 3-0, no Estádio AXA.