A equipa feminina Team SCA ainda navega rumo a Itajaí, Santa Catarina, Brasil, 5ª escala da rota da Volvo Ocean Race 2014-2015, a regata à volta do mundo para tripulações profissionais. Desde ontem as raparigas seguiam em navegação à popa num rumo direto, com ventos de 20 nós, céu azul e temperaturas agradáveis no oceano Atlântico Sul. Mas subitamente o veleiro colidiu com um objeto não identificado, que atingiu o leme de bombordo. O barco girou sobre si mesmo e inclinou-se totalmente com o convés a tocar a água.

A tripulação feminina conseguiu gerir a situação rapidamente sem provocar mais danos, exceto a avaria no leme, que exigiu mais de duas horas de avaliação e tentativas de reparação.

Publicidade
Publicidade

Poucas horas depois, outro objeto não identificado atingiu a quilha do barco, sem causar danos, e antes do pôr do sol ainda ocorreu um novo embate no casco. Surpreendidas, as velejadoras prepararam-se com preocupação para a navegação noturna que entretanto decorreu sem incidentes e a equipa espera alcançar o porto brasileiro de Itajaí na terça-feira à tarde.

Já a equipa do Dongfeng Race Team, que também segue para Itajaí sob motor, após a quebra de parte do mastro, contou que na primeira noite de navegação desde o Ushuaia, uma grande quantidade de algas enroscou-se na quilha do veleiro, obrigando os tripulantes a mergulharem no mar durante a noite para surpresa de uma foca que apareceu por ali.

Outro encontro inusitado foi com um navio chinês-coreano na faina de pesca de lula, utilizando uma forte iluminação num dos lados do convés para atrair a presa.

Publicidade

"Nunca vi luzes tão brilhantes assim, nem se consegue olhar diretamente para elas", disse um dos tripulantes.

Alguns elementos da equipa técnica que segue a bordo nesta viagem de transporte do veleiro a motor até Itajaí conseguiram içar um pedaço da vela principal no que resta do mastro, mas o acréscimo na velocidade do veleiro foi mínima (0,4 nós). A equipa irá instalar um novo mastro quando chegar a Itajaí, por volta do dia 13 de Abril, numa corrida contra o relógio para o barco estar pronto para a largada da 6ª etapa da regata, rumo a Newport, Rhode Island, Estados Unidos. #Desportos Náuticos