Estranha ocorrência na madrugada de quarta-feira à saída de uma popular discoteca de Nova Iorque: Chris Copeland, jogador dos Indiana Pacers, foi esfaqueado após uma discussão e a polícia deteve dois jogadores dos Atlanta Hawks, Pero Antic e Thabo Sefolosha, por terem tentado obstruir o trabalho dos agentes no local. Segundo o New York Daily News, Copeland foi apunhalado no abdómen às quatro da manhã junto do 1 OAK Club, em Chelsea. A sua companheira ficou também ferida, num braço e numa perna.

O atleta estava em Nova Iorque porque a sua equipa, os Pacers, jogam ante os New York Knicks na quarta-feira e acabou no Bellevue Hospital.

Publicidade
Publicidade

O jornal garante, contudo, que Copeland está em boas condições. Um homem, suspeito de ser o agressor, foi detido logo após o incidente.

Segundo testemunhas, Copeland e a mulher, Katrine Saltara, começaram a discutir à saída da discoteca. Um terceiro indíviduo, Shezoy Bleary, de 22 anos, intrometeu-se na disputa, puxou de uma faca, esfaqueou o jogador e cortou a mulher no braço e na perna. Os Pacers emitiram entretanto um comunicado que diz que o seu atleta sofreu também um corte no cotovelo esquerdo.

Um vídeo feito com um telemóvel, publicado pelo site TMZ, mostra Copeland, já ferido, encostado a uma parede, com Saltara ao seu lado. "Fomos ambos esfaqueados", grita a mulher, à chegada da polícia. "Fomos atacados do nada… tememos pelas nossas vidas", continuou. O atacante terá ainda atingido acidentalmente no abdómen uma amiga que estava com ele, Catherine Somani, de 23 anos.

Publicidade

Em comunicado, a discoteca diz que o motorista de Copeland apanhou o suspeito e segurou-o até à chegada dos agentes. A polícia deteve Bleary e recuperou a faca.

Copeland e Saltara foram levados para o Bellevue Hospital e estão em condição estável. Somani recebeu tratamentos no Lenox Hill Hospital e já teve alta. "Rezem pelo meu irmão Chris", escreveu no Twitter Chris Paul, colega de equipa de Copeland nos Pacers.

O 1 OAK emitiu um comunicado dizendo que a discoteca "cooperou totalmente com o Departamento de Polícia de Nova Iorque" e que o incidente ocorreu a alguma distância do local de diversão nocturna. Copeland esteve pouco tempo no local e pediu uma água antes de sair. O jogador voltou à procura de ajuda depois de ter sido atacado.

Já os jogadores dos Atlanta Hawks, Antic e Sefolosha, foram detidos acusados de conduta desordeira e outros crimes, por se terem recusado a sair do local quando a polícia tentava isolar o local do #Crime. #Basquetebol