O Arsenal ficou com o segundo lugar confirmado na Premier League, depois de o Manchester City ter perdido diante do Crystal Palace, por 2-1, nesta segunda-feira, e na sequência da goleada por 4-1 aplicada ao Liverpool. Os "gunners", treinados por Arsène Wenger há 19 anos (!), são, portanto, o principal perseguidor do Chelsea na Premier League, com 63 pontos, a sete da equipa de Mourinho, embora tenham um jogo a mais disputado. Além disso, ostentam mais um ponto do que o Manchester United, terceiro classificado, e mais dois do que o Manchester City, que ocupa a quarta posição.

Neste mês o Arsenal tem dois jogos teoricamente acessíveis, diante de Reading e Burnley, na Premier League e na Taça de Inglaterra, pelo que o grande embate está agendado para 26 de Abril diante do Chelsea, em casa.

Publicidade
Publicidade

Ou seja, Wenger vai estar novamente frente ao português que, nos últimos tempos, teima em não respeitar o francês. "Neste momento, Wenger tem um trabalho de sonho, porque tem estabilidade e tempo para comprar e vender e ainda esperar pelo sucesso... e esperar e esperar. Acho que ele tem o trabalho de sonho", referiu Mourinho, em declarações à Sky Sports, aludindo à falta de títulos de Wenger.

É verdade que Wenger devia ter conquistado mais troféus, mas José Mourinho tem de admitir que, geralmente, Chelsea, Manchester United, Liverpool e Manchester City têm orçamentos muito superiores e, como consequência, capacidade para contratar jogadores que nem sempre estão à disposição dos "gunners".

José Mourinho já conquistou, nesta época, a Taça da Liga mas na Taça de Inglaterra a vantagem pertence a Wenger, uma vez que o Arsenal está nas meias-finais, enquanto que a equipa do português foi eliminada pelo Bradford, formação que disputa a III Divisão inglesa.

Publicidade

Na Liga dos Campeões Europeus, há um empate, pois ambas as formações foram afastadas nos oitavos-de-final.

Ciclo de ouro

O Arsenal é protagonista, actualmente, de um ciclo de ouro, onde sobressaem sete vitórias consecutivas e, além do Liverpool, derrotou equipas como Manchester United e Monaco, embora o triunfo diante da equipa de Leonardo Jardim não tenha sido suficiente para garantir a continuidade na Champions. #Futebol