O F.C. Porto alcançou uma preciosa vitória no Bonfim, deixando assim em aberto a luta pelo título nas três jornadas restantes. Naquela que foi a sua décima quinta vitória consecutiva, em jogos para o campeonato nacional, em terras sadinas, os dragões marcaram cedo por Brahimi e aguentaram a vantagem até ao fim. Nos instantes finais o suspeito do costume fez o resultado final: Jackson Martínez voltou aos golos e reforçou a liderança na tabela dos melhores marcadores. 



A partida iniciou com um Porto a querer marcar cedo e definir o resultado. Posse de bola, jogo coletivo e um Vitória acantonado no seu meio-campo. Tanto insistiu que aos 15 minutos ela entrou mesmo: Ricardo faz uma abertura para a área, Jackson falha o remate e aparece Brahimi, a encostar e a regressar aos golos. Estava feito o primeiro golo da partida e o Porto ganhava confiança para dominar o encontro. À passagem do minuto 25 Ivan Marcano colidiu com Suk e lesionou-se no ombro. Saída precoce do central, para a entrada do holandês Martins Indi. A formação do norte continuava a atacar em força e aos 30 minutos só não fez o 2-0 porque tanto Jackson, como Herrera, como Brahimi, ficaram especados a ver passar o cruzamento rasteiro de Quaresma, à boca da baliza. Cerca de dez minutos depois, Óliver faz um passe magistral para Jackson, em balão, mas este deixa que François desvie. 

A segunda parte assistiu a um crescimento do Vitória que voltou do balneário decidido a discutir o resultado. As arrancadas de Suk causavam perigo constante, mas os cruzamentos do jogador sul-coreano saiam muito largos. Contudo, ao minuto 77, Suk cruzou para Zequinha que atirou certeiro para a baliza portista. Valeu Helton, atento, com toda a sua experiência, a salvar as redes da equipa. Apesar do jogo mais dividido, o Porto fez valer da sua capacidade ofensiva e bastou Herrera descobrir Jackson isolado na área e o colombiano fez o gosto ao pé, marcando o seu décimo nono golo na Liga NOS, na atual temporada. O jogo terminou assim com uma vitória portista, com um resultado que expressa a eficácia dos visitantes e o esforço colossal de uma equipa sadina que se mantém na linha de água, apenas acima de Gil Vicente e Penafiel.



Após o jogo Jackson, capitão dos dragões que marcou nesta partida, assegurou que enquanto houver possibilidades de lutar pelo título a equipa não vai desistir. Quanto ao papel de líder da tabela de melhores marcadores, que hoje saiu reforçado, o Cha Cha Cha desvalorizou, afirmando que "hoje o mais importante foi ganhar os três pontos" e salientou ainda que a equipa fez "mais uma vez um bom trabalho coletivo".

O treinador dos azuis e brancos, Julen Lopetegui reiterou as palavras de Jackson, garantindo que era "obrigação da equipa vencer este jogo". O técnico frisa que os seus jogadores fizeram uma grande primeira parte e que o plantel "acredita e tem alma".

Por seu lado, Pedro Queirós, capitão dos sadinos, tem fé na permanência da sua equipa. "Transportando o que fizemos na segunda parte, acredito que vamos conseguir a manutenção", declarou.

Bruno Ribeiro, treinador da equipa de Setúbal mostrou-se orgulhoso pelo desempenho da equipa. "Na segunda parte fomos mais fortes, o nosso guarda-redes praticamente só fez uma defesa" atestou, recordando que existem três jornadas para garantir a manutenção.





O Vitória de Setúbal alinhou com: Lukas Reader; Pedro Queirós (Rambé '82), François, Frederico Venâncio e Hélder Cabral (Miguel Pedro '58); Paulo Tavares (Ulises Davila '71), Dani e João Schmidt; Advíncula, Suk e Zequinha.



O F.C. Porto alinhou com: Helton, Ricardo, Maicon, Marcano (Martins Indi '25), Alex Sandro; Casemiro, Herrera e Óliver; Quaresma (Evandro '77), Brahimi (Hernâni '81) e Jackson.



Marcador: Vitória de Setúbal 0 x 2 F.C. Porto

(Yacine Brahimi '15, Jackson Martínez '90+1)



90' +4 Termina a partida, vitória do Porto no Bonfim, com dois tentos, um em cada parte: primeiro Brahimi aos 15 minutos da primeira parte e mesmo a terminar Jackson fez o resultado final. Exibição suficiente do Porto para segurar um Vitória sem grandes argumentos, mas que se mostrou empenhado em lutar pelo resultado. Continua a perseguição dos dragões às àguias quando faltam três jornadas para terminar o campeonato. 

90' +4 Cartão amarelo para Casemiro e livre frontal para o Vitória. Helton encaixa a bola nas mãos.



90' +3 Troca de palavras entre Zequinha e Casemiro, após lance dividido entre os dois.



90'+1 GOLO! JACKSON MARTÍNEZ! 0X2!

Herrera faz a abertura, isola o avançado colombiano que volta aos golos e à liderança dos melhores marcadores do campeonato. O Porto dilata o resultado e Jackson volta a marcar aos sadinos.



90' O árbitro dá 4 minutos de compensação.



89' Segunda parte muito mais dividida, sem grandes lances de perigo.



88' Hernâni tenta arrancar em direção à baliza mas a bola passa a linha de fundo. Pontapé de baliza para o Setúbal.



87' Livre lateral cobrado por Miguel Pedro. Um balão para a área sem qualquer ameaça.



84' Remate de Hernâni, a bola sai muito por cima.



83' Bancadas pouco preenchidas no estádio do Bonfim.



82' Nova arrancada de Suk mas o avançado sul-coreano não consegue lidar com a pressão defensiva azul e branca e a bola sai para fora.



82' As duas equipas esgotam as substituições: entra Rambé e sai Pedro Queirós.



81' O Porto tem 10 minutos para segurar as investidas dos sadinos e garantir os três pontos. Espera-se que Hernâni traga frescura ao onze portista. O Vitória está mais confiante no jogo.



80' Sai Brahimi, entra Hernâni.



77' Grande defesa de Helton a cabeceamento de Zequinha. Suk cruza para a área e Helton evita o empate da equipa sadina, cortando a bola para canto.



74' Ricardo Pereira comete falta sobre Miguel Pedro. Primeiro cartão amarelo para a equipa azul e branca.



72' Cruzamento muito largo de Suk pela direita, a bola perde-se pela linha lateral.



71' Sai Paulo Tavares, entra Ulises Davila.



70'
Recuperação de bola do Porto no meio-campo adversário, mas a bola perde-se na grande área sadina e os vitorianos voltam a deter a posse de bola.



68' Evandro comete falta sobre Paulo Tavares.



67' Lopetegui gesticula para que a equipa acorde e procure o segundo golo.



66' Mais uma vez o Setúbal a sair para o ataque: Zequinha cruza tenso, Alex Sandro amortece e Helton segura.



65' Sai Ricardo Quaresma, entra Evandro.



62' Quaresma tenta fazer bonito, atrapalha-se com a bola e ela sai para pontapé de baliza.



60' Cartão amarelo para Pedro Queirós por falta sobre Herrera.



58' Sai Helder Cabral e entra Miguel Pedro (V. Setúbal).



56' Pedro Queirós cruza para a área mas Helton segura a bola. 



53' Complicação na área sadina, mas a equipa portista não consegue aproveitar o contra-ataque a seu favor.



52' Remate de Paulo Tavares. Está mais aguerrida a equipa da casa.



50' Arrancada de Suk, Casemiro corta para canto.



48' Canto para o Setúbal batido por Advincula. Sem perigo.



47' Infração de Óliver sobre Paulo Tavares.



46' Falta de Suk sobre Alex Sandro. 



45' Recomeça o jogo no Bonfim. 



20:13 Jackson Martínez marcou nos últimos três encontros contra o Vitória de Setúbal. Tem 45 minutos para voltar a fazê-lo.



20:09 A equipa sadina tem o ataque menos eficaz, com apenas 21 golos no campeonato e enfrenta a melhor defesa. A formação portista só sofreu 12 golos nas 30 partidas que já se realizaram no campeonato nacional.



45'+1 Termina a primeira parte no Bonfim com a equipa azul e branca a levar para o intervalo uma vantagem mínima. Valeu Brahimi, aos 15 minutos, a fazer as redes balançarem pela única vez nesta partida até ao momento.



45' Vai-se jogar mais um minuto de tempo de compensação.



44' Novo livre para Paulo Tavares, corta Alex Sandro. Os jogadores do Vitória reclamam penalty por mão na bola do brasileiro.



42' Fantástica jogada da equipa portista, combinação coletiva que termina com um remate de Ricardo, ao lado da baliza defendida por Raeder.



41' Cartão amarelo para Dani por falta sobre Ricardo Quaresma.



40' Falta de Maicon quando o Setúbal saia para o ataque.



39' Óliver faz uma abertura para Jackson que remata, com a bola a bater em François e a sair para canto.



38' Primeiro canto para o Setúbal, após corte de Ricardo. A bola sai larga, sem perigo.



37' Entrada impetuosa de Alex Sandro. É livre para o Vitória.



36' Quaresma tenta o remate de primeira, mas sai fraco ao lado da baliza.



35' Livre cobrado por Quaresma. Sem perigo.



34' Cartão amarelo para Zequinha após falta sobre Brahimi. 



33' Cruzamento de Ricardo Quaresma, segura o guardião do Vitória, Raeder.



30' Incrível jogada de Quaresma, cruzamento rasteiro de Alex Sandro e nenhum dos três jogadores do F.C. Porto na área (Herrera, Brahimi, Jackson) consegue encostar para dentro das redes.



29' Sem perigo. Corta a defensiva portista.



28' Falta de Alex Sandro sobre Zequinha. Paulo Tavares para bater o livre lateral.



25' Confirma-se: sai Marcano, entra Bruno Martins Indi.



22' Marcano sai lesionado após choque com Suk. Vai sair o central espanhol para a entrada de Martins Indi.



19' Herrera cruza para Óliver que agarra a bola com as mãos. Falta.



17' Novo canto, após Jackson atacar a bola de cabeça com perigo. Valeu o corte da defesa sadina a evitar o perigo.



16' Rendilhado de Quaresma, experimenta a trivela, Raeder aplica-se para uma grande defesa. Primeiro pontapé de canto para o Porto.



15' GOLO DO PORTO! 0X1! BRAHIMI!

Cruzamento de Ricardo, que surge rápido pela direita, Jackson falha o remate e aparece Brahimi, letal, a regressar aos golos na Primeira Liga. Repete o feito do jogo no Dragão em Dezembro, quando marcou à equipa sadina.



14' Brahimi faz uma abertura para Alex Sandro mas o brasileiro não consegue chegar a tempo.



13' Boa combinação entre Óliver e Ricardo. A equipa da casa corta para fora.



11'  Cruzamento largo de Alex Sandro, sem causar qualquer perigo. Pontapé de baliza para o Vitória.



9' Mau passe de Maicon, valeu a atenção de Marcano a evitar males maiores para a equipa do Porto.



6' Jogo morno, sem ocasiões de perigo até ao momento.



4' Falta ofensiva cometida pelo colombiano Jackson Martínez (F.C. Porto).



2' Entrada ríspida de Suk sobre Herrera. Esquiva-se ao cartão amarelo.



1' Os capitães de equipa são Jackson Martinez na equipa do F.C. Porto e Pedro Queirós na equipa de Setúbal.



19:15: Pontapé de saída no Vitória de Setúbal x F.C. Porto no Bonfim. Sai a jogar a equipa sadina



19:05 A formação sadina apresenta exatamente o mesmo onze que apresentou na jornada passada, quando empatou a zero no Bessa.



19:00 No onze titular dos dragões - face ao que apresentou na semana passada na Luz - entram Herrera, Quaresma e Ricardo por troca com Danilo (castigo), Evandro e Rúben Neves.



Onze Oficial do Vitória de Setúbal:



Lukas Reader; Pedro Queirós, François, Frederico Venâncio e Hélder Cabral; Paulo Tavares, Dani e João Schmidt; Advíncula, Suk e Zequinha



Suplentes:
Miguel Lázaro, Miguel Pedro, Uli Dávila, Kiko, Rambé, Miguel Lourenço e Ney;



Onze Oficial do F.C. Porto:

Helton, Ricardo, Maicon, Marcano, Alex Sandro; Casemiro, Herrera e Óliver; Quaresma, Brahimi e Jackson.

Suplentes: Andrés Fernández, Bruno Martins Indi, Rúben Neves, Evandro, Hernâni e Aboubakar.



18h22:
Cristian Tello e Gonçalo Paciência são as únicas baixas dos azuis e brancos para este jogo, ambos recuperando de roturas musculares.



17:48 O árbitro do encontro será Marco Ferreira da A.F. Madeira.

17:44 O Setúbal já não vence para o campeonato há seis jornadas, desde que derrotou o Guimarães por 0-1. Três empates e duas derrotas, mantém a equipa na linha de água e três pontos frente ao #Futebol Clube do Porto seriam uma injeção de moral na luta pela manutenção. Na primeira volta, os sadinos perderam no Dragão por 4-0.


17:40 Numa altura em que o campeonato se encaminha para o derradeiro final, o Benfica segue isolado com três valiosos pontos de avanço, reforçados após a goleada de sábado em Barcelos. Neste momento o Porto, para poder sonhar com qualquer reviravolta na classificação, precisará obrigatoriamente de vencer o jogo deste domingo, no Bonfim. Sem Danilo, por castigo, o Porto desloca-se ao sul pela segunda jornada consecutiva, após o empate alcançado na Luz. Na convocatória uma surpresa: Fabiano, o habitual titular da baliza azul e branca, cedeu o lugar ao guarda-redes espanhol Andrés Fernandez. Do lado dos sadinos a inclusão do defesa Kiko por troca com o brasileiro Yann Rollim. O médio ofensivo Dimitrios Pelkas também não irá a jogo por suspensão.

Há dez jogos que os dragões não vencem na região sul: seis empates e quatro derrotas é um saldo que não augura a favor da equipa treinada por Julen Lopetegui. A última vitória foi na época 2013/14, precisamente em Setúbal. O técnico espanhol, na antevisão ao jogo, mostrou-se pouco preocupado com as estatísticas assegurando que "não interessam nem para um lado nem para o outro" e acrescenta que apenas interessa a equipa que vão encontrar "num campo que vai apresentar dificuldades". Lopetegui salienta que o foco é superar um rival que exige respeito, sempre cientes da "vontade de conseguir os três pontos e fazer um bom jogo".

Com um discurso semelhante, o treinador do Vitória de Setúbal, Bruno Ribeiro, pretende quebrar o jejum de 32 anos da sua equipa, que desde a época 1982/83, não vence em casa frente à formação da Invicta."Sabemos que estamos há 32 anos sem ganhar no Bonfim, mas essa não é a história do Vitória. Já ganhámos várias vezes ao FC Porto. Não ganhar em casa há tanto tempo é mais um fator de motivação", garantiu. O técnico dos sadinos teceu rasgados elogios ao valor da equipa do Futebol Clube do Porto, que crê ser "uma equipa muito forte, sem pontos fracos" e ressaltou que o Vitória precisa de estar na máxima força para poder pontuar este domingo. A formação de Setúbal encontra-se a lutar pela manutenção, mantendo-se por enquanto no antepenúltimo lugar, dada a derrota do Gil Vicente na Luz.

Convocados

Vitória de Setúbal:


Guarda-Redes: Lukas Raeder, Miguel Lázaro, Pedro Queirós, Advíncula, Frederico Venâncio, Miguel Lourenço, François, Kiko, Hélder Cabral, Dani, Paulo Tavares, Ney, Uli Dávila, João Schmidt, Miguel Pedro, Zequinha, Suk e Rambé


F.C. Porto:

Helton, Andrés Fernández, Ricardo Pereira, Maicon, Iván Marcano, Martins Indi, Alex Sandro, Casemiro, Rúben Neves, Héctor Herrera, Evandro, Óliver Torres, Juan Quintero, Hernâni, Quaresma, Brahimi, Aboubakar e Jackson Martínez. #F.C.Porto #Primeira Liga Portuguesa