Floyd Mayweather e Manny Pacquiao defrontaram-se na madrugada deste domingo, dia 3 de Maio, no maior evento de #Boxe de sempre. A plateia da 'MGM Grand Garden Arena', em Las Vegas, Estados Unidos da América (EUA), viu Mayweather vencer e continuar invicto na sua atribulada carreira de pugilista. O filipino Manny Pacquiao saiu derrotado de Las Vegas, num combate que considerou ter vencido pelo seu adversário "não ter feito nada".

No entanto, o júri foi unânime da sua decisão, considerando que Floyd Mayweather fez o que de melhor sabe fazer: frustrar a ofensiva do seu adversário. O estilo de Mayweather é sobretudo defensivo, especialista no contragolpe.

Publicidade
Publicidade

Já o estilo de Pacquiao distingue-se por ser mais agressivo. A decisão do juiz de ringue Dave Moretti foi favorável ao norte-americano, colocando o combate em 118-110. Também os juízes Glenn Feldman e Vert Clements foram favoráveis a Floyd Mayweather, marcando 116-112.

A vitória de Mayweather consagra o norte-americano como um dos maiores astros do pugilismo da última década. A conquista de ontem é a 48.ª vitória do pugilista, que já anunciou a retirada de combates por títulos, com o intuito de "dar oportunidade a outros pugilistas". O último combate de Mayweather será em Setembro. Manny Pacquiao foi o grande derrotado da noite. "Tive um problema no ombro direito durante a minha preparação, há cerca de três semanas", referiu o filipino o fim do combate. "Esta lesão limitou-me a partir do terceiro round", acrescentou.

Publicidade

Manny Pacquiao, um verdadeiro colecionador de títulos mundiais, foi recebido de forma calorosa pela plateia em Las Vegas e foi acompanhado com entusiasmo pelos seus fãs nas Filipinas. Já de forma substancialmente diferente, Mayweather acabou por não arrancar o mesmo entusiasmo. No entanto, acabaria por se consagrar vencedor no final da noite e vai mesmo ser o que mais vai lucrar com o combate.

Mayweather deverá arrecadar 120 milhões de dólares (107 milhões de euros) e Pacquiao 80 milhões (71 milhões de euros). As receitas podem aumentar de acordo com o dinheiro gerado com as subscrições para assistir ao jogo na televisão. Quinze minutos após a oficialização do combate, os quase 7.000 quartos do maior hotel de Las Vegas, já estavam esgotados. Os bilhetes para ver o combate variavam entre os 3640 (3245) e os 22.750 dólares (20.285 euros).