Tiago Monteiro está de volta às 24 Horas de Le Mans. O piloto português confirmou hoje, 12 de Maio, que estará ao volante de um LMP1 na mítica prova. Na principal categoria em prova, Monteiro vai ter Simon Trummer e Pierre Kaffer como colegas de equipa. Integram a ByKolles Racing, que usa um CLM P1/01-AER P60 Turbo V6. Além de Monteiro, o também português Filipe Albuquerque competirá na principal classe do Mundial de Resistência (WEC) nas 24 Horas de Le Mans, com um Audi R18 e-tron quattro oficial nas mãos.

É um compromisso que o portuense conjugará com o Mundial de Carros de Turismo (WTCC), no qual está focado correndo com as cores da Honda.

Publicidade
Publicidade

Monteiro agradeceu não só o convite para Le Mans, como também a disponibilidade da Honda para o "libertar". Em termos de objectivos, o piloto não estabeleceu nada, dizendo apenas que "estou confiante que tirarei o melhor partido da corrida", disse, citado pelo site português AutoSport.

Quinta presença nas 24 Horas de Le Mans

Anteriormente, Tiago Monteiro já esteve na prova de Le Mans por quatro vezes, a última das quais em 2011. A primeira edição em que esteve presente foi a de 1999, quando foi 17º da geral e sexto da sua classe (GTS); dois anos depois foi 20º da geral e quarto nos GTS. As duas últimas participações (2009 e 2011) não foram bem-sucedidas, terminando com abandonos. Tem agora nova oportunidade, onde tentará inverter a tendência da By Kolles nas primeiras duas rondas do WEC, que se traduziram em desistência para a sua tripla habitual.

Publicidade

Fora da Resistência, Monteiro tem estado focado nos turismos desde 2007. Esta temporada, e depois de três rondas duplas, ocupa o quarto posto entre os pilotos. A carreira do português passou igualmente pela Fórmula 1, onde foi o primeiro piloto nacional a subir ao pódio (terceiro lugar no GP dos EUA de 2006), pela CART nos EUA (15º no seu único campeonato) e também pela Fórmula 3000 Internacional, onde foi 13º na temporada em que lá competiu.

Recorde-se que Pedro Lamy e Rui Águas estão igualmente a competir no WEC e nas 24 Horas de Le Mans, mas numa outra categoria - GTE Am, uma "segunda divisão" dos GT. A equipa de Lamy ganhou as duas primeiras provas do ano na sua classe, seguida em ambas pela tripla em que está integrado Rui Águas. #Automobilismo